Obama e a “esperança que vence o medo”


O primeiro off-topic desse blog será dedicado às eleições americanas.

Barrack Hussein Obama, 47 anos, foi eleito presidente norte-americano hoje.

O slogan do título não é novo para ninguém. Foi usado por Lula na eleição de 2002, e repaginado por Obama para essa eleição de 2008. Assim como havia feito Lula em 2002, a palavra mais usada por Obama foi “change”.

Obama soube captar o espírito coletivo do povo americano e capitalizar como benefício para si a desilusão do amercano com o governo Bush.

Além disso, foi um enorme alento para os setores mais progressistas da sociedade americana. Não por ser negro ou jovem, mas por ser progressista, falar claramente em distribuição de riqueza, desejar uma sociedade mais justa e manifestar claramente a intenção de resolver todos os imbróglios internacionais norte-americanos por meio do diálogo.

Para o Brasil, essa eleição, em um primeiro momento, pode ser prejudicial. Os democratas norte-americanos tendem historicamente a adotarem políticas mais protecionistas e oferecerem maiores subsídios aos agricultores do país.

Mas ainda assim, em um segundo momento, a pretensa aproximação entre Obama e a América Latina através do diálogo pode trazer valiosos frutos ao Brasil, através de acordos de cooperação e o fim do pesadelo da “quarta frota”, que o governo Bush pensava em reativar.

O vídeo a seguir é a retratação perfeita do atual momento norte-americano. O início é uma propaganda da Budweiser que fez muito sucesso em 2000, nos EUA. A segunda parte é uma paródia dessa propaganda, oito anos depois, mostrando fatos vexatórios do governo Bush, como a invasão do Iraque, a crise imobiliária e de emprego, a deterioração dos serviços de saúde, a quebra das instituições financeiras e a inoperância governamental em eventos como o Furacão Katrina.

É uma propaganda genial de Barrack Obama que nem mesmo precisou citar um “Vote Obama” ou coisa do tipo.

http://www.youtube.com/watch?v=ndzWVnD7-vQ

Vamos esperar para ver. Mas, por enquanto, a frase mais repetida nos EUA é “yes, we can”.

Anúncios
Esse post foi publicado em Pitacos. Bookmark o link permanente.

Dê a sua opinião

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s