Como identificar um cidadão de bem


Abaixo, as características de uma pessoa que pertence à raça dos CIDADÃOS DE BEM. O cidadão de bem é um sujeito que é determinado por certas características peculiares. Quando você ver alguém com essas características, tome cuidado: essa pessoa pode querer colocar ideias reacionárias  na sua mente.

E também vamos separar o cidadão de bem do cara que defende o livre mercado com inteligência. A principal característica do cidadão de bem é ser burro e nunca ter argumentos que saiam do clichê em qualquer discussão que seja.

Se você não tiver estômago, tome cuidado ao ler: algumas frases abaixo são fortes.

O CIDADÃO DE BEM, por definição:

– Posição política: PSDB. Ou DEM. Não vota mais no Maluf porque o partido dele se aliou aos “petralhas”.

– Carro: Hyundai

– Telefone: Nextel, não por obrigação, mas por “fazer parte do clube”.

– Rede social: comentários de notícias da Folha, predominantemente. Volta e meia ficam tentando emplacar hashtag no Twitter.

– Chinelo: CROCS.

– Filósofo de cabeceira: FHC. Ou autores de livros como “O Segredo”.

– Transporte: carro, sempre. Não gosta de metrô por perto para não atrair “gente diferenciada”.

– Preferência sexual: pode até ser gay enrustido, mas bate em gays (ou apóia isso) sempre que tem oportunidade.

– Religião: em geral falam que acreditam em Deus, mas usam Deus apenas como uma justificativa para as posições quase indesculpáveis que tomam na política. 

– Programa de televisão: Sônia Abrão. Depois o Datena. E depois o Jornal Nacional e a novela. (mas não espalhem que a pessoa assiste Sônia Abrão, por favor)

– Saúde: faz campanha para tirar dinheiro da saúde extingüindo a CPMF, e depois pede para o Lula se tratar no SUS.

– Política: esse câncer do Lula é invenção dos petralhas para esconder a corrupção da terrorista da Dilma e fazer o LADRÃO do Lula voltar em 2014 como herói e continuar roubando o Brasil. Não caiam nessa.

– Drogas: a PM tem que bater e prender mesmo esses maconheiros vagabundos que ficam tirando a paz das mães de família que pagam anos de escola particular e cursinho pro seu filho estudar na USP. Bando de má influência, tem que ir tudo pra cadeia ser mulher de bandido.

– Hobby: não gosta de shopping center porque “é coisa de povão”. Vai fazer compras na Oscar Freire, mesmo que não tenha grana pra isso. Só pelo status mesmo.

– Posição em relação aos sindicatos: “greve nenhuma presta, não tá satisfeito estuda e arranja emprego melhor. Só serve de cabide de emprego para petralha”.

– Posição em relação aos movimentos sociais: TERRORISTAS.

– Suco: Ades. Afinal, é o suco da família feliz.

– Moral: trai o marido com o personal trainer e a esposa com a secretária. Mas vivem como se nada disso acontecesse.

– Transferência de renda: coisa de petralha ladrão que dá dinheiro para vagabundo enquanto eu tenho que trabalhar.

– Nacionalismo: “<> É O MEU PAÍS! E temos que ser independentes porque não aguentamos mais trabalhar para sustentar vagabundo.”

– Minorias: odeiam negros, gays, nordestinos.

– Leitura diária: Folha, Estadão e O Globo.

– Leitura semanal: Veja.

– Leitura mensal: Você S.A., Nova, Cláudia, Capricho e Men’s Health.

– Ativismo: movimentos como o CANSEI. E o Voto Distrital, afinal, se o guru José Serra apóia deve ser bom.

Estamos de olho. Mais sintomas do CIDADANISMO DE BEM podem aparecer a qualquer momento.

Anúncios
Esse post foi publicado em Pitacos. Bookmark o link permanente.

7 respostas para Como identificar um cidadão de bem

  1. Laura disse:

    Não vejo problema em gostar do FHC e/ou desprezar o Governo Lula (pessoa realmente deplorável tal como o PT), o problema é com o resto.

  2. Pingback: MISTURA URBANA » Coligação: Trollando por São Paulo » Archive

  3. Cleverson Lima disse:

    O cidadão de bem, personagem do filme “A indústria do medo”, é trabalhador, tem uma família saudável e feliz.
    Seus filhos estudam nos melhores colégios tradicionais onde recebem uma formação religiosa da moral e dos bons costumes.
    Todo domingo, no conforto de seu lar, ele e sua família assistem ao Fantástico.
    O cidadão de bem é a favor da pena de morte, nunca abandona suas convicções de direita, chama pobre de vagabundo, acha que homosexualismo é doença e avança sinal vermelho porque é muito ocupado e tempo é dinheiro.
    Ele guarda sua arma ao alcance das mãos para defender sua família feliz do bandido que entrará de madrugada e com toda sua bravura o matará antes que o bandido exploda sua casa.
    Ele também acha aborto uma coisa muito ruim (até sua filha ficar adolescente, é claro).
    O cidadão de bem é fã do futebol e, enquanto assiste aos jogos e toma cerveja, sua alegre esposa cozinha a janta.
    O cidadão de bem é feliz e o será até que um bandido roube sua arma.

    Quem tem medo do cidadão de bem?

    http://t.co/X9o6NaI6

  4. Pingback: Textos e Estatísticas de 2011 | Blog do Léo Rossatto

  5. CAMI disse:

    Que texto ridículo. Nunca li tanta besteira junta.
    Vai estudar querido, tens muito o que aprender ainda.

Dê a sua opinião

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s