Defina: o que é um xingamento?


Essa postagem é politicamente incorreta, escandaliza alguns e, portanto, se você quiser continuar achando que eu sou um cara “do bem”, um querubim, um sujeito bacana incapaz de proferir uma palavra que não seja bonitinha e fofa, pare por aqui.

Quero uma luz. Um momento de iluminação. A ajuda de vocês, que lêem isso daqui porque não tem nada melhor para fazer. Eu aprendi, durante toda a vida, que NÃO PODEMOS xingar ninguém, não devemos usar “palavras torpes” e tal. Mas nunca ninguém me explicou claramente QUAIS SÃO essas tais “palavras torpes”. Então temos que definir, e, em geral, tal definição não coincide com a definição de alguns, causando brigas e ofensas pueris.

Para isso, defini, durante a vida, alguns critérios (não que isso evite muita coisa, mas…):

1) Palavras com conotação sexual “vulgar”:

Poderíamos citar dezenas de palavras aqui, mas vocês já sabem todas elas. Referências a órgãos ou atos sexuais, referências ao vínculo empregatício ou á preferência sexual de parentes, entre outras coisas. Mas mesmo essa definição soa meio ambígua. Segue um exemplo:

A palavra “coitado”: o que, para alguns, é só uma palavra bonitinha, quase fofa e cuti-cuti, para outros é extremamente ofensiva. Existem dois significados possíveis para a palavra, e ambos não são muito, digamos, agrádaveis.

A palavra vem do latim, coactus + ‘ado” – desgraçado, mísero, pobre infeliz.

No entanto, no português popular falado no Brasil colônia, coitado ganhou uma conotação ainda mais vulgar, embora alguns linguistas discordem dessa tese. A palavra se referia, basicamente, ao “sujeito que sofria coito”, ou, em termos mais simples, era estuprado. Significado similar a outro termo que não tem conotação de xingamento para a maioria, atualmente: esculhambado.

2) Palavras que sejam diretamente ofensivas aos outros:

Sempre aprendi que ofender os outros é feio. Mas, afinal, O QUE É uma palavra ofensiva em sua essência? Sim, porque o que é ofensivo para mim pode não ser ofensivo para você e tal. Aí temos um fenômeno interessante: o relativismo do xingamento. Tem gente que se sente sinceramente ofendida até se for chamada, sei lá, de corinthiano, por exemplo. Ou de feio, chato, bobo, mongolóide ou qualquer outro termo que em outra pessoa só provocaria risos.

Então, temos que definir, dentro de nossas mentes, um gradiente de ofensividade de palavras. Das ofensas que beiram o ridículo até aquelas que você só usa se quiser realmente jogar a auto-estima de seu alvo na cracolândia.

Conclusão

Nesse sentido, preciso da ajuda de todos para definir, afinal, O QUE É um xingamento? Que tipo de palavra você deve evitar falar em público, para não escandalizar ninguém? Eu, por exemplo, vivo brigando por não considerar palavras como merda e bosta xingamentos, enquanto outras pessoas consideram algo extremamente ofensivo, interpretando literalmente aquele versículo bíblico que diz “sua boca fala aquilo do que seu coração está cheio”.

Interpretações simplistas, no entanto, são muito mais uma afronta ao senso crítico e uma demonstração de que algumas pessoas querem mais é que você deixe de lado o seu senso crítico e seja um babaca (ops, babaca é xingamento?) que vive a vida em um eterno Complexo de Polyanna. Não é isso que eu quero, e creio que não é isso que a maioria dos que lêem aqui quer.

Portanto, para você, o que é um xingamento? Ajude nessa definição.

Anúncios
Esse post foi publicado em Aleatoriedades. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Defina: o que é um xingamento?

  1. Léo Rossatto disse:

    Pô, tem essas duas questões mesmo. A primeira é a do XINGAMENTO POSITIVO, que é aquele xingamento em que você usa uma expressão forte pra elogiar alguém com ênfase. A segunda é a do XINGAMENTO COMO TERAPIA. Num teste dos Mythbusters, ficou comprovado que aqueles que falam palavrões enquanto sofrem tem cerca de 30% mais resistência à dor que as demais pessoas.

  2. Acho que as palavras utilizadas são o de menos, td vai do contexto e da forma como é falado. Como diz minha mãe, se vc chegar num bebê e chamá-lo de FDP dando risada e brincando com ele a criança irá rir…se vc chamá-lo de coisa mais linda do mundo num tom mais firme a criança irá chorar. Claro que os adultos entendem as palavras, independente do tom, mas vejo por aí muito mais gente se doendo pela forma como alguns termos são falados do que com as palavras em si.

    Enfim…lave sua boca com sabão.

Dê a sua opinião

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s