Por que é necessário barrar a “bancada evangélica”


“Bancada evangélica” é o nome que se convencionou chamar um grupo político apócrifo, representante de interesses neoconservadores, que usam o nome de Deus para justificar todo tipo de atrocidade.

Hoje essa bancada é composta por 63 deputados e 3 senadores. O interesse dessa bancada, de base neopentecostal, que surgiu como uma frente parlamentar, era o de, inicialmente, garantir direitos aos evangélicos enquanto classe, minoria ou algo do tipo.

Mas vamos aos fatos:

1) “Evangélicos” não são uma classe:

A religião Cristã é uma opção de vida pessoal, e convencionou-se chamar os protestantes brasileiros de “evangélicos”.

Quem conhece a história do protestantismo brasileiro sabe que existem pelo menos três grandes grupos protestantes que acumulam mais diferenças do que semelhanças entre si: os protestantes tradicionais, os pentecostais e os neopentecostais. E cada um desses grupos se divide em muitas denominações eclesiásticas.

As igrejas protestantes tradicionais, descendentes diretas da Reforma Protestante, estão oficialmente no Brasil desde o século XIX. Muitos missionários de base luterana e calvinista implantaram igrejas no Brasil como as Batistas, Luteranas, Metodistas e Presbiterianas. A vinda de imigrantes, especialmente alemães, contribuiu para o crescimento dessas igrejas, mais concentradas no sul e no sudeste do país em seu momento inicial. Seus pressupostos religiosos coincidiam, na época, com os defendidos pelos reformistas dos séculos XVI e XVII.

As igrejas pentecostais, por sua vez, foram implantadas no Brasil no início do século XX, pouco tempo depois do início do movimento pentecostal nos Estados Unidos, na Rua Azusa. Em 1910, Gunnar Vingren e Daniel Berg, oriundos da Suécia, fundaram a primeira igreja pentecostal brasileira, que foi o embrião da Assembléia de Deus. Com o tempo, outras denominações foram fundadas, como a Deus é Amor e a Brasil para Cristo. O ideário pentecostal era baseado na ascese como forma de aproximação de Deus e na replicação do Dia de Pentecostes, com o advento do batismo no Espírito Santo como máxima doutrinária.

As igrejas neopentecostais são criações mais recentes. Surgiram no Brasil no final da década de 70, com uma característica de explorar a “sobrenaturalidade” do pentecostalismo descartando a ascese. Isso quer dizer, basicamente, que os neopentecostais buscam um “relacionamento direto” com Deus, mas sem as privações de prazer que são características da Igreja Pentecostal. Com isso, o foco dessas igrejas passa a ser a prosperidade material, em uma renovação radical da ideia puritana de que “o sucesso material na Terra é reflexo de sua boa relação com Deus enquanto as doenças, enfermidades e problemas da vida são frutos de seu pecado”. Na prática, transferem o ônus  da autoridade divina ás circunstâncias cotidianas, através de uma leitura repaginada do protestantismo apóstólico e da reverência à figura quase divina do líder (o apóstolo). Existem diferenças internas entre as denominações. Seus principais representantes são a Igreja Universal do Reino de Deus, a Igreja Internacional da Graça de Deus, a Igreja Mundial do Poder de Deus e a Igreja Apostólica Renascer em Cristo. É o grupo religioso que mais cresce no país.

Obviamente, existem discordâncias inconciliáveis dentre essas correntes, e, para alguns, as igrejas neopentecostais nem poderiam ser consideradas “evangélicas”, por razões teológicas que não devem ser explicadas aqui. Isso só prova que “evangélicos” não são uma classe. Não são uma igreja unificada, como a Católica Romana, ou com poucas dissensões bem definidas, como ocorre com judeus e muçulmanos, por exemplo. São um grupo extremamente diversificado, sem lideranças definidas.

2) Deputados representam apenas as suas igrejas

A maior parte dos 63 deputados e 3 senadores que fazem parte da bancada evangélica são representantes de igrejas neopentecostais. Uma das principais diferenças entre as igrejas tradicionais e as neopentecostais reside no fato de que as as igrejas tradicionais possuem maior organização interna, enquanto as igrejas neopentecostais, com organização interna precária e centralizada na figura do grande líder, comportam-se como empresas. Inclusive em relação à questão do marketing.

É nítido que a grande força das igrejas neopentecostais está em seu poder midiático. Nisso as igrejas apresentam um padrão de marketing muito similar ao marketing político. Com a diferença de que o político quer seu voto, enquanto o representante eclesiástico quer sua fidelidade e sua frequência na igreja todas as semanas.

Por isso a facilidade desses representantes eclesiásticos em ingressar na vida política. Como representantes de igrejas, e não de todo o protestantismo, contando com milhares de votos de fiéis. Afinal, não há melhor forma de conseguir voto do que sendo guia religioso de alguém. Sim, guia religioso, porque é quase consenso que os valores neopentecostais não tem nada a ver com os valores cristãos bíblicos.

E, no Congresso, esses representantes de igrejas isoladas agem unidos. Formam uma BANCADA. Como se fossem uma coisa só. Como se, de fato, representassem alguém. Não são. Não representam. São fruto de um atalho político aliado a uma política de manipulação de fiéis, com um poderio econômico mal explicado, desses que nem vale avaliar a origem, sob pena de entrar em depressão.

3) A “bancada evangélica” prejudica os cristãos

Um bando de líderes conservadores mal preparados, eleitos por fiéis manipulados, assume a posição de BANCADA no Congresso, como se de fato representasse os cristãos. E, se colocando em nome de TODOS os cristãos, defende coisas absolutamente abomináveis e anti-cristãs, como a cura gay, por exemplo. E divulgam isso através de seus meios de comunicação, como VERDADES CRISTÃS. Nesse contexto, prejudicam os cristãos de duas formas:

a) Manipulação da informação: uma característica do protestantismo,em geral, é a adoção da Bíblia como “revelação da Palavra de Deus”. esse caráter de revelação, enfatizado nas igrejas pentecostais e neopentecostais, leva muitos fiéis, especialmente os mais humildes, a um conformismo osmótico.

O conformismo osmótico, nesse caso, significa aceitar não apenas a Bíblia, mas também a palavra de seus líderes, como verdade absoluta, por osmose. E torna essa massa de fiéis suscetível a toda espécie de manipulação da informação. Para esses fiéis, seus líderes são dotados de uma infalibilidade quase papal. E são claramente manipulados. Pois, além de serem falíveis, esses líderes tem interesses políticos conservadores e interesses econômicos. Eles ganham com o conservadorismo e com o “controle” de seus fiéis.

2) O Conservadorismo de alguns macula todo o cristianismo

Ao se assumirem como “bancada evangélica”, esses neoconservadores maculam todo o cristianismo. Por vários fatores:

a) Lutam contra o Estado laico:

Um dos principais fatores que fez o protestantismo florescer no Brasil a partie do finaol do século XIX foi a adoção do Estado Laico, em 1889, por ocasião da Proclamação da República. O Estado Laico foi o responsável pela liberdade de culto, e a liberdade de culto é um dos principais pressupostos para qualquer sociedade séria.

No entanto, eles lutam contra o  Estado Laico. No sentido de que eles se voltam com frequência contra os cultos de origem africana, tentando barrá-los pelas mais diversas justificativas: magia negra, sacrifício de animais, ou puro preconceito mesmo. Vários setores da sociedade já perceberam isso e se mobilizam contra a atuação perniciosa da bancada evangélica.

b) São preconceituosos

Jesus Cristo disse na Bíblia: “não façam acepção de pessoas”. Mas a bancada ebangélica aparentemente não aprendeu essa lição, e são os grandes especialistas em ter preconceito contra os outros. A “cura gay” é um exemplo. Os homossexuais são alvos, assim como as feministas (que defendem o aborto), e todo e qualquer movimento social. Prova disso foi o enorme lobby na eleição de 2010 contra o aborto e o casamento entre pessoas do mesmo sexo, que tirou muitos votos de Dilma Rousseff. Não apenas por oportunismo do Serra: mas porque, de fato, havia uma demanda neoconservadora reprimida, construída em anos de lavagem cerebral disfarçada de amor cristão.

Agora ela aparece toda de uma vez, como uma barragem que se quebra, e temos que lidar com isso.

c) Fisiológicos e Corruptos

A bancada evangélica está mais interessada em cargos do que em propagar a fé cristã. Prova disso é que,para acalmá-los, Dilma deu um MINISTÉRIO para eles. E não é o Ministério de Louvor ou de Intercessão não. É o da Pesca.

Ok, é um ministério pouco relevante. Mas, se o lobby é forte a ponto deles ganharem um ministério, que se organizem em um partido político então. E que lutem por interesses específicos.

Além disso, são acusados constantemente de corrupção. Em 2006, por exemplo, o índice de reeleição da bancada evangélica foi apenas de 25%. O motivo: a maioria dos deputados da bancada tinha sobre si acusações de corrupção.

d) Máculas a fé cristã

A bancada evangélica, ao se posicionar como representante política da fé evangélica, macula a fé cristã. Pois todos os valores que a bancada evangélica defende são vistos pela sociedade como valores de TODOS OS CRISTÃOS. O que é uma mentira absurda.

Se a bancada evangélica odeia gays, todos os cristãos odeiam gays. Se a bancada evangélica defende o machismo, todos os cristãos são machistas. Se a bancada evangélica é racista, todos os cristãos são vistos como racistas. Os valores da bancada evangélica e de uma parcela conservadora de pessoas que estão sob a influência desses líderes religiosos são refletidos para toda a igreja, como se todos pensassem assim.

Conclusão

Antes de qualquer coisa, leia esse aviso.

Em seguida, leia esse texto também. E não crie expectativas.

Mas, principalmente, levante-se contra o “status quo” evangélico. A bancada evangélica, as igrejas que espalham o nome de Cristo como moeda de troca ou promessa de prosperidade, tudo isso tá errado. O amor cristão genuíno se levanta contra isso.

Um dos momentos em que Cristo se mostrou mais revoltado, na Bíblia, foi quando ele flagrou comerciantes atuando no Templo de Jerusalém. Hoje, a bancada evangélica faz o mesmo papel nas igrejas e no Congresso, tornando a fé cristã um artigo comercial, entrando em negociatas, usando o cristianismo como moeda de troca em nome de poder.

Nossa atitude, como cristãos, deve ser a mesma que Cristo teve: devemos nos revoltar contra isso. Devemos nos mobilizar e deixar claro para a sociedade que a bancada evangélica pode representar qualquer coisa, menos os cristãos. Que a bancada evangélica é representante de um bando de interesses escusos, conservadores, que são mais subservientes ao dinheiro do que ao cristianismo.

Que, como cidadãos, nós sabemos que a bancada evangélica atrapalha os interesses do país em temas mesquinhos. E lamentamos MUITO que o atual governo seja subserviente e se curve às vontades desse grupo cuja organização beira a do crime organizado.

É necessário barrar a bancada evangélica. É necessário não apenas que eles não representem mais os cristãos como frente parlamentar. Mas também que eles não sejam mais eleitos. E,para isso, o trabalho deve ser feito não junto aos deputados, que estão afogados em maracutaias políticas. Mas junto ao povo, sensibilizando os cristãos de que NÃO se deve, em hipótese nenhuma, dar o voto para candidatos que se dizem cristãos e não manifestam os verdadeiros valores cristãos, sendo inebriados pelo poder.

Anúncios
Esse post foi publicado em Pitacos. Bookmark o link permanente.

188 respostas para Por que é necessário barrar a “bancada evangélica”

  1. Pingback: A Liberdade do exercício do Cristianismo como escolha pessoal | Um Pouco de Prosa

  2. Dani disse:

    Muito bom e esclarecedor. Triste é que esse post um ano e meio depois continua muito atual. Mais do que nunca precisamos lutar para impedir os retrocessos que a bancada evangélica propõe como cura gay e estatuto do nascituro. Mais do que nunca precisamos barrar a bancada evangélica

  3. Demétrio dos Santos disse:

    porque meu comentário está aguardando moderação.

  4. Demétrio dos Santos disse:

    Nós os evangélicos jamais iremos usar a midia ou ofensas ou agressões imorais e injustas a quem quer que seja como fizeram com Jesus e com a sua igreja evangélica ao longo de toda a histdória até porque sabemos que uma luta que é espiritua só pode ser vencida por meio de oração e fé em Deus. Estamos preparados. Sabemos também que há uma orientação mundial para que seja utilizado toda espécie de atificio dentre eles o que sempre foi usado contra nós que é a calúnia e a difamação na intenção de impedir o nosso crescimento que tanto têm incomodado e somos as únicas barreiras para quem quqer implantar no mundo a vontade do diabo. Podem nos perseguir, muitas leis ruins serão aprovadas, mas Jesus disse que as portas do inferno não podem prevalecer contra a sua igreja, e quanto mais dos nossos forem morrendo mais a igreja crescerá, ninguém pode barrar o crescimento da igreja de Jesus. Recebemos assim como os póstolos de Cristo no passado o nome de heréges, de protestantes e tantos outros. Seremos caluniados, seremos caçados pior do que o que já está acontecendo com o feliciano, nossos filhos sofrerão abusos e tudo mais, mas Jesus virá como rei e como juiz. E todos o verão e receberão cada um segundo as suas obras. E ele mesmo disse: ai daqueles que se levantarem contra a minha igreja. Melhor seria pegar uma pedra bem amarraá-la em uma corada pendur-a-la no pescoço e pular do alto de um monte do que fazer algo contra os seus pequeninos

    • Sharon disse:

      O seu deus podre não existe, a tua “briba” é um conto de fadas, crentelhos são uma piada e “cristãos chefes” são vagabundos delinquentes perturbadores da ordem e ameaça na sociedade, portanto devem ser banidos desse mundo. Pessoas de bem devem afastar-se de crentes e não deem nenhuma oportunidade ao meio social, são como cobras criadas, um certo dia vc dá o almoço dela e a noite ela te janta.

  5. Pingback: Marco Feliciano e os Direitos Humanos | Aleatório, Eventual & Livre

  6. Tiago Itiel disse:

    Ai sim entramos num consenso, políticas q generalizam e perseguem devem ser abolidas, mas entrastes num ponto interessante.

    Na bíblia fala sim, q os dois maiores mandamentos, q p quem n sebe resumem os 10, são: “Amarais a Deus sobre todas as coisas, e ao próximo como a ti mesmo”, mas amor n quer dizer q concordo com o q a pessoa faz, eu particularmente amo meus amigos homossexuais, mesmo discordando das suas práticas, mas entramos num tema em questão.

    A bíblia n fala de amor como o amor de hollywood, um amor rosa e quente, q n vê defeitos, isso n é amor, o amor da bíblia é o amor de verdade, q vê os defeitos, q ama mesmo sem ser amado, q ajuda mesmo sem esperar nada, esse amor q a bíblia fala mais q poucos conseguem seguir. Amar meu amigo, n significa concordar com a opinião/vontade/desejo, significa querer ver a mudança, querer ajudar a mudar, n aceitar aquele ato, pois n acha certo e tentar, de alguma forma, mostrar a pessoa.

    Mas muitos hoje em dia, preferem ir pela dor, batendo de frente e dizendo “Tá errado e acabou!” sei q isso n dá certo pra ambos os lados, pq particularmente, quando alguém apresenta uma opinião adversa a minha, e bate de frente me confrontando, a minha vontade é confrontar tbm, e ir em cima, até q um dos lados seja derrotado.

    Aonde quero chegar é o seguinte, n é tirar os evangélicos da bancada, pq ai vc mesmo estaria favorecendo a banda homossexual, os declarando “vencedores” ( pois até mesmo o atacado Marcos Feliciano disse q a intenção dele é zelar pelo povo brasileiro, mas infelizmente a mídia quer audiência, e o q dá? Falar mal dos cristãos! ) e sim gerar verdadeiras assembleias, colocando em pauta ambas as opiniões, e n ficar nesse joguinho, nessa guerra silenciosa, favorecendo um ou outro lado só pela audiência.

    Vc sabe, hoje em dia a mídia é considerada o 4 poder, e estado muitas vezes acima até mesmo dos outros 3 ( legislativo, executivo e judiciário ) de nada adianta nos basearmos nela, pois ela mesmo mente! Atualmente moro no nordeste, especificamente no Maranhão, e hoje vejo o poder q a mídia exerce. As pessoas acreditam, até hoje, q Roseana é “boazinha”, simplesmente pq assim q mídia divulga.

    Se temos uma opinião, defenderemos ela, com ordem e bom senso, pois somos democráticos, e nada nunca deu certo na pressão, como vc mesmo diz, quanto mais pressiona mais força ganha, e sim na conversa, podemos n concordar, podemos, n devemos é exclui-los!

    O q a bancada evangélica defende está na biblia, e se vc mesmo a citou é pq de alguma forma ententende, se cremos q devemos amar ao proximo q está em uma parte, pq tbm n cremos q a união homo afetiva errada? Se tbm está lá? Cremos q toda a palavra é verdade, e só pq uma classe em questão, se sentiu desvalorizada pela palavra devemos voltar atrás? N, se está lá q tá errado nós defenderemos q está, mas digo e repito, com ordem e bom senso, pois com briguinha e picuinhas n se vai a lugar nenhum, só a uma briga e “guerra iminente”, n é tirar só um, se for tirar, tire os dois lados!

    • Léo Rossatto disse:

      Entendo seu pensamento. Não disse que o amor “tem que aceitar qualquer coisa”, mas, se formos ver o ministério de Jesus, ele separa bem o amor às pessoas da repulsa ao pecado que elas cometem. As únicas restrições de Cristo e de todo o novo Testamento não estão no que a pessoa faz na sociedade como um todo, mas dentro da igreja. Jesus e os apóstolos chamam os pecadores (todos nós) às igrejas, mas querem purificação quando essas pessoas assumem ministérios e fazem parte do trabalho cristão.

      Essa purificação não pressupõe julgar os outros socialmente falando. em nenhum momento Jesus estendeu julgamento algum àqueles que não acreditavam nele, porque já estava claro que o julgamento deles seria realizado no fim dos tempos. Não somos nós que temos que fazer esse tipo de julgamento. Não é impondo restrições ao Estado que nós vamos fazer as pessoas entenderem a fé cristã.

      Jesus Cristo claramente separou a igreja de qualquer vínculo com o estado, e sempre que a igreja tenta participar das decisões políticas ela acaba se contaminando. Eu até comentei sobre isso em outro texto sobre o assunto: http://leorossatto.wordpress.com/2012/09/12/todos-perdem-quando-politica-e-religiao-se-misturam/

      E entendo sua preocupação com o papel da mídia também. Só que a mídia basicamente defende o que é mais rentável pra ela. É só ver, por exemplo, a forma como Edir Macedo tá usando a Record há duas décadas pra defender seus interesses. E como esses mesmos pastores que estão no Congresso pagam e usam a mídia para propagarem sua mensagem neopentecostal, geralmente baseada na teologia da prosperidade

      Pra mim, eu tenho que o cristianismo parece sempre estar mais perto de seu objetivo quando está longe da política e da mídia.

  7. Tiago Itiel disse:

    Ok vc fala de liberdade, de defender interesses de uma classe só?? E os deputados homossexuais?? Ñ estão ai lutando pelos direitos predominantes, acima de qualquer outro, de uma classe distinta tbm??

    • Léo Rossatto disse:

      1) Tem uma certa diferença entre alguns grupos evangélicos, já consolidados no país, com alta penetração na sociedade e que querem impor uma visão sectária através do Congresso, e outras minorias, como negros, mulheres e homossexuais, que só querem tratamento igual ao resto da sociedade.

      2) Existe forte oposição a esse tipo de postura dentre os evangélicos. Os principais prejudicados são os cristãos. O que é necessário fazer? Falar para caras como Marco Feliciano, Silas Malafaia e companhia algo como “vocês não nos representam, então parem de espalhar por aí que vocês representam TODOS os evangélicos, pro favor.

      Não existe nenhum problema em um cristão entrar na política. O problema, basciamente, é o cristão fazer da religião a sua plataforma política.

      • Tiago Itiel disse:

        Concordo plenamente com seu ponto de vista, ser tratado igual é diferente de concordar com sua conduta, o problema é generalizar, vi tantos ataques a igreja evangélica, simplesmente pelo generalizar, eles querem ser tratados iguais, serão, mas n quer dizer q concordo com a conduta, nunca desrespeitei e nunca tratei mal um homossexual, ao contrário, converso e trato como amigo, pq isso q eles são…mas n concordo com a conduta deles, e eles sabem disso e respeitam minha opinião.

        O q acontece, meu caro amigo, é q , tanto a bancada evangélica, quanto a homossexual, fala de respeito, de ser tratados iguais, mas os dois de um lado e outro se batem, mais quem sempre aparece na mídia somos nós, os evangélicos!

        Agora pq? O deputado Jean Wyllys xingou a torta e a direita os evangélicos, chegando a chamar de burros, falando mal da nossa fé, e dizendo q teriamos q ser “exterminados”. E n vi nada na TV falando sobre isso. Já o mais recente, quando Silas, foi a programa da Marília Gabriela, pronto! Virou febre, a mídia caiu matando.

        Se estamos falando de democracia, creio q os dois lados tem q ser vistos pelo povo em geral, n somente um, creio q nisso concordas comigo.

        • Léo Rossatto disse:

          Mas eu concordo plenamente contigo que todos devem ser respeitados. O outro extremo da discussão, que é generalizar negativamente todos os cristãos, é tão errado quanto também.

          O problema aqui são as posturas sectárias, excludentes. Sejam elas de cristãos, gays, ou de qualquer outro tipo de militante. O cristão tem que fazer aquilo que está na Bíblia. O maior mandamento sempre será “amar a Deus sobre todas as coisas e amar o próximo como a ti mesmo” e todas as demais coisas deveriam ser decorrentes disso. Se realmente aplicássemos isso em todo tempo, nada nessa discussão faria nenhum sentido, tendo em vista que todas as posições excludentes são decorrentes do egoísmo e do desejo das pessoas em diminuir as outras de alguma forma.

          Opinião, todos nós podemos ter e devemos manifestar. Ninguém te impede de discordar da atitude do gay. O que incomoda é a tentativa de imposição a uma sociedade não cristã de restrições via lei. É das coisas menos cristãs que um cristão pode fazer. Somos estrangeiros e forasteiros nesse mundo, pra que essa tentativa contínua de tentar dominá-lo politicamente?

          Só analisar a história do cristianismo: sempre que os cristãos foram perseguidos, a igreja voltou ao caminho e cresceu (início da igreja, Reforma Protestante, Puritanos nos EUA). Sempre que os cristãos viraram status quo, a igreja se desviou do caminho e se estagnou (igreja Católica com Constantino, igreja americana atual). Com Jesus também foi assim.

          Prefiro ser perseguido e continuar no caminho do que ser perseguidor e viver num moralismo fariseu.

        • Sharon disse:

          Não, crentelhos não buscam seus direitos não, eles/vcs buscam é impedir o direito alheio, simplesmente por isso que essa corja de safados, mentirosos e manipuladores devem ser combatidos da política!!!

  8. Pingback: O fundamentalismo como estilo de vida | Aleatório, Eventual & Livre

  9. @por_toutatis disse:

    Leo, te sigo no Twitter, tenho formação cristã, sou batizada e abandonei o “cristianismo atual” exatamente por não compactuar com as práticas e o discurso da maior parte das igrejas evangélicas e seus representantes. Boicoto fortemente inclusive. Achei incrível sua paciência em conversar e responder a todos os comentários. Esta postagem foi um bom exemplo de fé e amor cristão, parabéns! Só não acho que valha a pena dar murro em ponta de faca com fundamentalista ignorante…
    Paz!

  10. Pingback: MISTURA URBANA » Quando as minorias caem nas mãos dos intolerantes » Archive

  11. Gustavo disse:

    Queria te parabenizar pelo site, é difícil achar um lugar onde a opinião contraria de um (no caso eu) não venha a despertar a ira dos demais. A religião já trouxe benefícios e malefícios para a sociedade, mas acredito que seu prazo de validade expirou, esta na hora de um mundo em que o método seja algo levado a sério.

    • Léo Rossatto disse:

      Opa, agradeço as palavras. Mas um mundo melhor se constrói, antes de tudo, ouvindo e respeitando todas as opiniões, mesmo que elas não coincidam com as nossas.

      Abraço!

  12. junior disse:

    Bom, eu sou ateu, mas o que está escrito no texto é correto, hoje pelo menos no meio em que eu vivo por causa desses caras da “bancada evangélica” a visão de gays, ateus, entre outros
    (dos que eu conheço pelo menos) dos cristãos mais precisamente evangélicos é que são pessoas ignorantes, preconceituosas, arrogantes por acharem que tem a verdade absoluta entre outros adjetivos que prefiro não citar aqui.
    excelente texto cara, continue com o bom trabalho.

  13. Léo Rossatto disse:

    Sim, muito da aversão aos evangélicos ou Testemunhas de Jeová (e são duas coisas completamente diferentes, só pra constar) vem justamente da postura por vezes intrusiva da parte de alguns. O maior valor que as pessoas podem ter é a liberdade de opinião.

  14. Gustavo disse:

    Concordo com você, a bancada evangélica é um vírus que corrompe a politica brasileira. Mas mesmo que muitos preguem a existência de um deus, seja ele o deus cristão ou qualquer outro deus inventado por ai, pois é isso que deuses são, apenas seres inventados pelos humanos, criados por medo, medo de perecer sem tem no que acreditar, por isso escolhi ser ateu, escolhi acreditar nas pessoas, e não ser manipulado por pessoas que defendem ideia de seres imaginários.

    • Léo Rossatto disse:

      Cara, eu respeito muito a opinião individual das pessoas. Crer em Deus ou em qualquer ser superior ou não crer é uma opção sua, e isso é que tem que ser respeitado, antes de tudo.

      • Gustavo disse:

        Sim, o mais importante é o respeito, nisso eu também acredito, só não gosto muito da ideia de ser considerado um ser aversivo por não acreditar em algo que as pessoas costumam impor a acreditar, elas vão até a sua casa as 8:00 da manhã pra te convencer se for preciso, sempre recebo olhares atravessados quando digo que não creio em deus, e fazendo um balanço acho que crença em qualquer divindade faz um mal maior que o bem que possa a vir propiciar.

  15. Val disse:

    Não sou religiosa, mas acredito sim em algo além da ciência… é mha forma de ter fé, de crer em algo maior, sem denominar q sigo esse ou aquele “mestre” religioso… posso ser adoradora dos cultos pagãos, da natureza, admirar Jesus e outros avatares, simpatizar com Alan Kardec e outros espíritos de luz e ter mha consciência tranquila.
    Li e conversei com várias pessoas, e até um deputado, através de email sobre essa questão da “bancada”. A começar q essa denominação “bancada evangélica” não é um nome oficial, mas um rótulo dado pela mídia p/ se referi a esses eleitos que por acaso são evangélicos. Houve uma eleição. Houve uma democracia. E eles ganharam.. Se for X ou Y q votaram neles, nao dá p/ discutir. A verdade é q eles estão lá. E sendo assim, não existe isso de “banir” a tal “bancada”, pois é uma escolha do povo… O q deveria ser discutido então é uma forma de repudiar o q eles fazem la, assim como os demais deputados, vereadores, independente do q eles são. em paralelo a isso, há os ruralistas tb, há os q defende os direitos dos animais, há os corruptos… isso sim tem q ser repudiado. Mas falar em banição ak, estaremos sendo tão = ou pior a eles q tto demosntram aversão àquilo q não está de acordo com “seus preceitos”.
    Temos sim q, nas prox eleições, votar com consciência, sabendo q há outras propostas q nao serão de agrado a todos…
    Me resta apenas uma pergunta: Onde está o Direitos Humanos qdo determinada pessoa ou seitas criam essas blasfêmias de “cura” e denigrem a pessoa só pq ela não é como os demais???
    Isso sim deveria ser tb questionado!!!
    Entendam: não estou fazendo apologia a religiao ser certa ou errada… O q é errado são as atitudes humanas q “traduzem” as escritas religiosas da forma como lhe convém, como lhe agrada.
    Sobre a questão família, q foi mto citada ak: ora ora… não sejamos hipócritas… vms pelo pressuposto: o homem e a mulher foram feitos um p/ outro e o sexo apenas p/ constituir família. (Me engana q eu gosto: imaginem q todos cristãos só fazem p ter filhos…aaahhh tá) Pois bem.. então aqueles casais q optam por não ter filhos (pq não podem ou não qrem), e nem adotam nenhuma criança.. essas pessoas a Igreja vai condenar tb??? A mulher q decidiu não casar e viver só.. ela tb será condenada? O homem solteirão.. será condenado? E se eles tiverem filhos e não se casarem???….qta balela!!!!

  16. Val disse:

    ‎”A escuridão não pode expulsar a escuridão, apenas a luz pode fazer isso. O ódio não pode expulsar o ódio, só o amor pode fazer isso.”
    Martin Luther King Jr.

  17. Jeter disse:

    Muito bom, cara! Excelente teu texto, li o “aviso” e o outro texto que você “mandou” também.. uhahuahua Que Deus te abençoe! Graça e Paz! 😉

  18. Pablo disse:

    Sou cristao evangelico e digo q gostei doq foi dito aq. Realmente há lideres inescrupulosos e interesseiros no meio cristao, pessoas q so se preocupam em controlar a vida dos outros e ter cada vez mais bens materiais, considero tb a teologia da prosperidade uma afronta ao q realmente há na biblia e ao q cristo ensinou a todos, no entanto, vejo q há tb muito preconceito contra cristaos e muitos ataques aos preceitos biblicos. É importante salientar q homossexualidade é errada na visao cristao e tb descrita como abominaçao e isso nunca vai mudar, sendo q por isso se torna imcompativel uma vida cristã E homossexual. É sempre bom relembrar q Cristo sempre amou a todos mas tb nunca aceitou o pecado, da mesma forma q ele disse para a mulher adultera, “vá e nao peques mais” , tenho certeza q se ele encontrasse um homossexual ele diria tb p ele “vá e nao peques mais”. Como cristao tenho sempre q relembrar isso e tratar a todos com respeito e amor mas tb tenho o dever biblico e sagrado de nao aceitar o pecado.

  19. Rodrigo disse:

    Leo, sou cada vez mais seu fã.

  20. sebastiao disse:

    Eu acho interessante o assunto, se poder dar minha opinião o Brasil já deixou de ser muita coisa e corre risco de ser Exdemogracia.
    Para todo mundo ser Feliz acho que além do grupo ou frente evangélica ou bancada que formou no congresso para defender seus interreses, nós deveríamos também ter uma bancada para defesa dos assuntos afro-religiosos , uma bancada defesa dos católicos
    Dos muçulmanos, Budistas e afins. Assim seremos uns pais laico e Democrático, pois só o que vemos e jogo de interesse. Infelizmente como amigo falou já foi dado um cala boca para a bancada que chorou(ministério), e se outros grupos não se formarem e não reivindicarem, amigo o barco vai afundar ai não teremos espaço para o pensamento e credo religioso. Obs.: vejam que meus amigos afros já sofrem e também a imagem católica que é destruída em publico e fica por isso mesmo. Espere e verão…

  21. Pingback: 1 ano de blog. E os 14 textos mais lidos | Aleatório, Eventual & Livre

  22. Paulo disse:

    É lamentavel mesmo ver politicos usando igrejas evangelicas como palanque eleitoral somente para chegar em Brasilia,pior ainda é ver gente ignorante e cegas pelo fanatismo que nao conseguem enchergar o obvio, parece que a biblia deixou de ser aquele livro sagrado para os critãos e transformou se em codigo civil brasileiro, falar em Deus e Jesus virou moda e aquele que pronuncia mais o nome de Jesus vira bonzinho,policamente,religiosamente correto. Conheço pessoas que nunca leram a biblia mas,sao portadoras de uma bondade tao grande que seguem paso a passo a biblia,sem ao menos ter aberto uma.

  23. Marco disse:

    o bando… a verdade é que nunhum de vcs e nem eu sabemos nada….pois se soubessemos não estariamos aqui discutindo…..então vivam a vida e façam o bem e pronto….

  24. Raíssa Palumbo disse:

    Estão se achando donos do Brasil, e acham que democracia é feita de maioria, estão se intutulando 140mil num estado, dizendo que nós que não somos como eles, teremos de dançar na mão de cada um quando dominarem o país… Estão botando as asinhas de fora, estão se achando, mas pensem um pouco, será que vocês dominarão, ou estão sendo dominados? Vigia e ora que o negócio tá ficando feio para o lado de vocês… Uma coisa é ser cristão e defender o que acredita na sua particularidade e dentro de locais propícios, outra coisa é querer se meter na política, estamos num regime de esquerda, onde valorizam a liberdade de ser como se bem entende, quando vocês pararem de molhar a mão do resto, ou quiserem tomar mais poder do que acham que tem, vai ser uma queda feia de dar dó!

    Sou de família católica, tenho evangélicos na família também, acredito em D’us, mas sei diferenciar o certo do errado, e os cristãos da bancada, ou que se simpatizam com ela, estão perdendo a racionalidade… Estão travando uma guerra santa em nome do que acreditam, e o ser humano não é mais cruel quando faz por convicção religiosa, em nome de Dus se mata, se derrama sangue e se faz injustiças contra pessoas inocêntes… Não deixem a fé de vocês passar da porta pra fora do templo, a fé misturada a política causa sérios problemas… Não adianta comentar aqui dizendo que não é assim, pq nós estamos abrindo olhos e ouvindo atentamente, vocês estão ficam cego e tapando os ouvidos para apenas acreditar no que leh dizem… Vão ler, vão se informar mais…

    O texto está perfeito e muito bem elaborado! Parabéns!

  25. Teste disse:

    esse site é “moderado” (sinonimo de censurado), o que explica o fato de só ter opiniões favoráveis nos comentários. Vergonhoso…

    • Léo Rossatto disse:

      Só faço isso pra evitar spams e coisas muito graves estilo ofensas à minha mãe, mas é só o primeiro comentário. Agora pode comentar à vontade (e seus três comentários, incluindo esse, já estão aprovados)

  26. Teste disse:

    Acho interessante que exista alguém para lutar contra leis como a da mordaça gay e esse movimento ateista que confunde estado laico com estado ateu.

    É preciso mais políticos religiosos, católicos e cristãos, para amenizar essa enxurrada de cultura mundana que deixa de lado os valores cristãos, é preciso para segurar a degradação moral transmitida pela mídia todos os dias.

    PARABÉNS à bancada evangélica por barrar o PL122, lei que censuraria até mesmo os cultos e um pai a ensinar seu filho com uma posição sobre homossexualismo. Que nas próximas eleições possamos eleger mais pessoas com essa postura e barrar absurdos recentes em nosso país como a liberação de drogas e aborto.

    • Paulo disse:

      Estado laico é aquele em que a religiao nao interfere na politica,exatamente o contrario que a bancada evangelica faz, essa bancada evangelica tem como objetivo: poder,poder,acho que deveriam se preocupar com a fome,a miseria e a corrupcao,inclusive varios da bancada evangelica sao acusados de corrupçao e quem paga os salarios deles,nao sao só evangelicos,somos todos nos. Deixar esssas pessoas dessa bancada no poder seria como voltar a Idade Media,que foi o periodo mais retrogrado e dacadente da humanidade,nem o egito antico e roma antiga eram tao atrasados como essa bancadinha evangelica

    • Sharon disse:

      Parabéns é o raio que o parta! Crentelhos estão na política apenas para impedir direitos alheios, incitar o ódio e difamar pessoas, principalmente a homosexualiDADE… (doentes são vocês), portanto… PLC122 JÁ!!!

  27. Nando disse:

    Cara,

    Parabens pelo seu post!

    Se todos os religiosos fossem igual a voce, o mundo seria bem melhor.

    Cara, como ateu, estou muito preocupado com o futuro politico do Brasil.

    Um abraco irmao!

  28. Essa publicação foi uma crítica completamente destrutiva porque generaliza completamente.
    É verdade tem gente que quer levar a igreja para o legislativo mas não são todos.
    Dê sua opinião mas não tente impor suas idéias,se fizer críticas faça mas sem difamar ninguém e que sejam construtivas.

  29. Para bens pelo texto,mas infefelismente quando algum comentario atinge pseudos evengelicos protestantes, a coisa fica feia a carapuça serve direitinho e vem chumbo de tudo quanto é lado igual metraljadora giratoria , aprarecem tantos entendidos de biblia citando versicolos iterpletando de acordo com suas propias idéias ou crenças .Pois fazem 2 anos que diariamente leia a biblia alias 2 paralelamente , a João ferreira e a Ave Maria e sinseramente não tenho base para ficar discutindo em cima de versicolo biblico, como se fosse tirado de dentro de uma cumbuca, Agora quanto a pastores, padres ,deveriam cuidar melhor de suas ovelhas e não ficar discutindo religião e muito menos politica ,se quizer ser um politico primeiro entregue seu pósto , pois politica não condis com um bom cristão não da para servir a dois senhores

  30. Dana disse:

    Isso mesmo, extinguam a bancada evangélica por motivos fúteis e apliquem este “amor” aceitação, conformismo, indiferança e preguiça de vocês e recebam em troca este para nação, para nossos, filhos e futuras gerações. Isso mesmo deixem tudo por conta do amor, mas do amor deles e vejam como é que vai ficar e no final aplaudam por “amor”.

    “Deixai vir a mim as criancinhas; não as impeçais, pois delas é o Reino de Deus”
    Teremos de renunciar aos nossos direitos, conforme os título VI artigo 32 e título X artigo 62.
    Pense nisso!
    ISSO É O CÚMULO DO ABSURDO!! (Pelo menos para nós . . .)
    Essa é a proposta da Sen. Marta Suplicy.
    PEC elaborada pela OAB?!!! (eu sou da OAB e não concordo)
    Amigos,
    É essa a Proposta de Emenda à Constituição que a Senadora Marta
    Suplicy e a Comissão Especial de Diversidade Sexual da Ordem dos
    Advogados do Brasil – OAB estão elaborando para o nosso País.
    Principais pontos:
    – Acabar com a família tradicional
    – Retirar os termos “pai” e “mãe” dos documentos
    – Acabar com as festas tradicionais das escolas (dia dos pais, das
    mães) para “não constranger” os que não fazem parte da família
    tradicional
    – A partir de14 anos, os adolescentes disporão de cirurgia de mudança
    de sexo custeada pelo SUS
    – Cotas nos concursos públicos para homossexuais etc…
    Eis o texto:
    “A senadora Marta Suplicy (PT-SP) elogiou a Proposta de Emenda
    Constitucional (PEC), elaborada pela Comissão Especial de Diversidade
    Sexual da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), que quer ampliar
    privilégios a indivíduos viciados em práticas homossexuais.

    O texto tem a pretensão de introduzir na Constituição todas as
    decisões do Supremo Tribunal Federal (STF) que favoreceram a agenda
    gay, inclusive a garantia de união estável para duplas homossexuais,
    com direito à conversão em casamento e adoção de crianças.
    De acordo com a agência de notícias do Senado, “a PEC tem como um de
    seus principais ponto a criminalização da homofobia e estabelece a
    pena de dois a cindo anos de reclusão para aqueles que praticarem atos
    de discriminação e preconceito em virtude da orientação sexual de
    alguém. A mesma punição se estende aos que incitarem o ódio ou
    pregarem [contra a] orientação sexual ou identidade de gênero”.
    Com a aprovação da PEC, a própria Constituição do Brasil se
    transformará num PLC 122. Mas Suplicy reconhece que a tentativa de
    transformar a Constituição do Brasil numa constituição
    anti-“homofobia” certamente enfrentará resistência de “setores como o
    da igreja”.
    A senadora acredita que, estrategicamente, será importante aprovar
    primeiro o PLC 122/2006, pois sua tramitação está mais avançada, tendo
    já sido aprovado sorrateiramente na Câmara dos Deputados e restando
    apenas a votação no Senado. O segundo passo, na avaliação de Marta, é
    apresentar a PEC, que é uma matéria mais ampla e complexa. “A PEC é
    bem mais difícil de aprovar. Então, vamos começar com a homofobia e
    avaliar o momento adequado para fazer uma PEC com essa amplitude, que
    é realmente o sonho que nós gostaríamos para todo o País”, explicou a
    senadora à agência do Senado.
    O Estatuto da Diversidade Sexual conta com 109 artigos, que alteram
    132 dispositivos legais. O Estatuto criminaliza a homofobia, reconhece
    o direito à livre orientação sexual e iguala os direitos fundamentais
    entre heterossexuais e LGBTs.
    Eis algumas dos “avanços” que o Estatuto da Diversidade Sexual propõe:
    Legitimação da PEDOFILIA e outras anormalidades sexuais:
    Título III, Art. 5º § 1º – É indevida a ingerência estatal, familiar
    ou social para coibir alguém de viver a plenitude de suas relações
    afetivas e sexuais.
    Sob essa lei, a família nada poderá fazer para inibir um problema
    sexual nos filhos. A sociedade nada poderá fazer. E autoridades
    governamentais que ainda restarem com um mínimo de bom senso estarão
    igualmente impedidas de “interferir”.
    Retirar o termo PAI E MÃE dos documentos:
    Título VI, Art. 32 – Nos registros de nascimento e em todos os demais
    documentos identificatórios, tais como carteira de identidade, título
    de eleitor, passaporte, carteira de habilitação, não haverá menção às
    expressões “pai” e “mãe”, que devem ser substituídas por “filiação”.
    Essa lei visa beneficiar diretamente os ajuntamentos homossexuais
    desfigurados tratados como família. Para que as crianças se acostumem
    com “papai e papai” ou “mamãe e mamãe”, é preciso eliminar da mente
    delas o normal: “papai e mamãe”.
    Começar aos 14 anos os preparativos para a cirurgia de mudança de sexo
    aos 18 anos (pode começar com hormônios sexuais para preparar o
    corpo):
    Título VII, Art. 37 – Havendo indicação terapêutica por equipe médica
    e multidisciplinar de hormonoterapia e de procedimentos complementares
    não-cirúrgicos, a adequação à identidade de gênero poderá iniciar-se a
    partir dos 14 anos de idade.
    Título VII, Art. 38 – As cirurgias de redesignação sexual podem ser
    realizadas somente a partir dos 18 anos de idade.
    Cirurgias de mudança de sexo nos hospitais particulares e no SUS:
    Título VII, Art. 35 – É assegurado acesso aos procedimentos médicos,
    cirúrgicos e psicológicos destinados à adequação do sexo morfológico à
    identidade de gênero.
    Parágrafo único – É garantida a realização dos procedimentos de
    hormonoterapia e transgenitalização particular ou pelo Sistema Único
    de Saúde – SUS.
    Uso de banheiros e vestiários de acordo com a sua opção sexual do dia:
    Título VII, Art. 45 – Em todos os espaços públicos e abertos ao
    público é assegurado o uso das dependências e instalações
    correspondentes à identidade de gênero.
    Não é permitido deixar de ser homossexual com ajuda de profissionais
    nem por vontade própria:
    Título VII, Art. 53 – É proibido o oferecimento de tratamento de
    reversão da orientação sexual ou identidade de gênero, bem como fazer
    promessas de cura.
    O Kit Gay será desnecessário, pois será dever do professor sempre
    abordar a diversidade sexual e consequentemente estimular a prática:
    Título X, Art. 60 – Os profissionais da educação têm o dever de
    abordar as questões de gênero e sexualidade sob a ótica da diversidade
    sexual, visando superar toda forma de discriminação, fazendo uso de
    material didático e metodologias que proponham a eliminação da
    homofobia e do preconceito.
    Contos infantis que apresentem casais heterossexuais devem ser banidos
    se também não apresentarem duplas homossexuais travestidas de “casais:
    Título X, Art. 61 – Os estabelecimentos de ensino devem adotar
    materiais didáticos que não reforcem a discriminação com base na
    orientação sexual ou identidade de gênero.
    As escolas não podem incentivar a comemoração do Dia dos Pais e das Mães:
    Título X, Art. 62 – Ao programarem atividades escolares referentes a
    datas comemorativas, as escolas devem atentar à multiplicidade de
    formações familiares, de modo a evitar qualquer constrangimento dos
    alunos filhos de famílias homoafetivas.
    Cotas nos concursos públicos para homossexuais assim como já existem
    para negros no RJ, MS e PR e cotas em empresas privadas com já existe
    para deficientes físicos:
    Título XI, Art. 73 – A administração pública assegurará igualdade de
    oportunidades no mercado de trabalho a travestis e transexuais,
    transgêneros e intersexuais, atentando ao princípio da
    proporcionalidade.
    Parágrafo único – Serão criados mecanismos de incentivo a à adoção de
    medidas similares nas empresas e organizações privadas.
    Casos de pedofilia homossexual irão correr em segredo de justiça:
    Título XIII, Art. 80 – As demandas que tenham por objeto os direitos
    decorrentes da orientação sexual ou identidade de gênero devem
    tramitar em segredo de justiça.
    Censura a piadas sobre gays:
    Título XIV, Art. 93 – Os meios de comunicação não podem fazer qualquer
    referência de caráter preconceituoso ou discriminatório em face da
    orientação sexual ou identidade de gênero.
    “O Estatuto da Diversidade Sexual é um avanço. Isso nunca havia sido
    pensado em relação às questões LGBT”, reconheceu Marta Suplicy,
    classificando-o como de importância “inquestionável”.
    O Estatuto defende que o Estado é obrigado a investir dinheiro público
    para homossexuais que querem caros procedimentos de reprodução
    assistida por meio do Sistema Único de Saúde (SUS) e também o Estado é
    obrigado a criar delegacias especializadas para o atendimento de
    denúncias por preconceito sexual contra homossexuais, atendimento
    privado para exames durante o alistamento militar e assegura a visita
    íntima em presídios para homossexuais e lésbicas.
    ________________________________________________________________
    NÃO VAMOS DEIXAR ISSO ACONTECER! É O FIM DO MUNDO PESSOAL.
    O POVO BRASILEIRO TEM QUE REAGIR, ANTES QUE SEJA TARDE DEMAIS.
    “Não é preconceito, mas questão de princípios, estão querendo acabar com a família, até mesmo os termos Pai e Mãe, e tudo que há em uma família, é um absurdo.”

    • Léo Rossatto disse:

      OAB como sociedade civil, só elabora PEC com assinatura de 1% dos eleitores.

      Esse documento que tá circulando por aí é completamente falso, Dana. OS caras inventam deliberadamente, colocam o nome de alguém conhecido que reconhecidamente apoia a causa gay (no caso, a Marta Suplicy) e espalham o hoax por aí.

      Eu conheço o andamento dos projetos no Congresso Nacional e te digo com certeza que essa PEC nunca entrou em pauta. É tão mentira quanto aquele e-mail que circulou uns 5 anos atrás e de novo no ano passado, dizendo que ia acabar o 13º, férias, etc. E que dizia respeito a um projeto da época do FHC (!!!) que nem falava nada acerca disso e não foi aprovado.

      Pessoal também age muito de má fé na Internet. Complicado.

      • Teste disse:

        sua palavra contra a dele e o contexto atual, não duvido de nada.

        O Brasil tem muitas outras prioridades a se tratar pra ficar pensando em dar privilégio a alguma classe social. Nesse “novo brasil” seria vantajoso se dizer gay para entrar em concurso público ou faculdade.

        Qualquer machão malandrão esperto faria isso hahahaha

    • Paulo disse:

      Existem pessoas que nao tem sabedoria para ler a biblia,entendem de maneira inversa e fezem o mesmo com a propria vida tbem,acho que esse é seu caso, ainda bem que a maioria neste pais tem bom senso e ta começando ja perceber este complo evangelico e a maioria graças a Deus, ainda é catolica

  31. Dana disse:

    Não meu caro. é por causa d ecomportamento como este que as pessoas deixam de acreditar em DEus e na Bíblia.

    EDUCAÇÃO – PROPOSIÇÃO CRISTÃ1 – DEBATE
    Por Gilberto Stêvão
    Muitos nos escrevem sobre uma proposição cristã de ensino. Aproveitamos esta
    contracapa para responder a todos, embora de maneira resumida, constituindo
    apenas um abrir de discussão. Todavia em nosso Impacto n° 4 – “Educação Cristã é
    Nossa Proposição”, apresento o assunto de modo um pouco mais amplo.

    Posicionamos-nos, quanto ao ensino secular diferenciado do Estado, porque olhamos pela ótica da Palavra de Deus. Segundo, a nossa visão, o Estado tem errado em se meter em educação, aliás, o Estado não tem educação nenhuma para ensinar a ninguém. Quem tem educação são os Pais e a Família. A ela e somente a ela compete o dever de transmitir a educação aos seus filhos. A Gênesis dos Céus e da Terra ensinado pela Palavra acaba se chocando com o ensino proposto pelo Estado, por que o Estado passou a exigir para si, o direito de educar as pessoas sob a
    ótica de quem está governando. Há grande dose de ingenuidade quando aceitamos escolarização como educação, como se admite hoje. Note bem, os conhecimentos ministrado no sistema estatal às crianças tem um cunho inteiramente político partidário daquele que governa o Estado. Por exemplo, os que comandam o ensino na ONU, por conseguinte, dominam o ensino no mundo, são inteiramente ateus, materialistas, humanistas, naturalistas e tudo que fugir da sua visão evolucionista deixa de ser educação. Segundo nós entendemos, existem no mundo milhares e milhares de pessoas que passaram por todos os bancos dessa escolarização e até se pós graduaram, mas são desprovidos completamente do que entendemos por Educação. Esta é a maior tendenciosidade existente no sistema educacional proposto pela ONU, onde se procura enfiar garganta a baixo, dos Estado membros, como fazem para o Brasil, todo ódio conta Deus e contra Jesus Cristo.

    Educação não está ligada ao conhecimento das coisas que nos cercam, nem no conhecimento das ciências, mas aos princípios de vida que norteia cada pessoa. Portanto, se uma pessoa tem por principio a fé num ser criador dos céus e da terra, isto refletirá em toda a sua maneira de viver, no seu relacionamento com a família,
    com os amigos, com a sua Pátria, enfim em todo o seu relacionamento. Todos
    aqueles que são escolarizados pelo atual sistema de ensino são formados no ateísmo.
    O ateísmo não nos permite amar o próximo, apenas nos permite amar a nós mesmos, a final, somos o resultado do acaso. Muitos doutorados nesta escolarização admitem a existência de um criador, mas no fundo têm dúvidas da existência desse ser criador. Fato natural, porque este é o objetivo do sistema: Passo a passo da
    vida educacional tirar os valores espirituais, os valores morais e éticos existentes racionalmente em cada ser humano. Não raro, vemos pessoas altamente
    especializadas em conhecimentos seculares buscarem ajuda e proteção em
    religiões fetichistas, onde se crê na existência de um politeísmo ilógico, em
    nada científico, como a crença que as águas do mar vieram do seio de iemanjá. No
    fundo da questão o ser humano tem uma necessidade de crença em um ser criador.
    Nos Estados Unidos esta polêmica tomou proporções muito grandes, porque pais cristãos compreenderam que o Estado estava interferindo no ensino que eles
    desejavam dar aos seus filhos. Estes cristãos exigiram seus direitos de
    rejeitar a maneira de ensinar do Estado. Foi aí que se estabeleceu a
    “Home-School”, o ensino em casa. Por esse sistema pais rejeitam o ateísmo, o
    evolucionismo, ensinando o criacionismo, e dentro da história, salientam a
    malignidade e não o heroismo de certos reis, passando aos descendentes os
    valores morais, éticos, religiosos e políticos que desejam. Os aspectos
    científicos e biológicos não necessitam do evolucionismo para serem ensinados. Aqui
    no Brasil o interferimento na vontade dos pais e tão estúpido e arbitrária, que
    se uma família por questão de sua fé, valores ou princípios não enviar seus filhos
    à escola estão sujeitos à prisão.

    Nossa proposição, em vista dos pais no Brasil não possuírem grau de formação capaz de escolarizar seus filhos o Estado Brasileiro tem o dever de sustentar escolas
    diferenciadas, onde se ensina com base Bíblicas, possibilitando aos pais a
    liberdade de escolha: Se querem uma escolarização materialista ou uma educação
    baseada nos valores cristãos da existência humana.

    Porque, pergunto: As escolas do Estado têm que ser regida por um sistema ateu de
    ensino? “Até quando vocês continuarão nesta loucura? Até quando terão prazer em
    zombar da sabedoria? Será que nunca aprenderão?”

    Os conselheiros da educação têm que ter o direito e a liberdade de analisar e aprovar
    normativas de conteúdos próprios para serem ministrados em escolas cristãs. Não
    estou falando em ensino teológico ou filosófico cristão, refiro-me aos ensinos
    seculares onde fatos políticos e históricos deveriam ser banidos do ensino ou
    dar uma conotação digna de sua anomalia ou malignidade.

    O Estado que cobre as despesas de seu sistema educacional deveria cobrir também os da escolas Cristas de Ensino. Nada de pagar despesas de escolas particulares cuja finalidade é empresarial. Estou me referindo a Escolas de Princípios Cristão e
    outras cujos valores paternais pudessem ser aplicados sem censura e serem
    respeitados. Para os ateus intransigentes, os arrogantes e quem não sabe isto se
    chama LIBERDADE. Se conseguirmos que Escolas ensinem valores desejados pelos pais, tivessem os mesmos direitos e privilégios das Escolas Estatais, duvido, que aqui no Brasil, houvesse muitas escolas que aplicassem o atual sistema materialista e
    ateu que domina o sistema hoje. O Estado faria suas escolas laicas e os cristãos
    suas escolas de valores bíblicos, aberta a todos, com professores concursados
    pelo Estado e Município, não fazendo distinção de religião, de filosofia ou política.

    Pois é claro que o Estado, sendo absolutista como é, nas falsas democracias, como a
    dominante aqui, o atual espírito dominante político-filosófico se oporá dizendo
    que isto seria impossível, mas esta não é a verdade, porque nos USA
    existem muitas correntes de pensamento, mas só dois partidos políticos de modo
    que onde há tolerância, sabedoria e compreensão todas as coisas
    podem chegar a uma consciência lógica sobre os três pensamentos básicos
    que existe no mundo, que Deus é o criador, independente da matéria, de vida
    inerente; que Deus está contido na matéria, o Panteísmo; e, que Deus não
    existe, a matéria pré-existente, o materialismo.

    Agradecemos aos que nos escrevem. Através do Centro Evangélico Brasileiro estarei sempre às ordens para atender todos que nos procuram com suas dúvidas e proposições.
    A liberdade que os outros exigem para si em ministrar nas escolas tudo o que eles desejam pensam e fazem exigimos também para nós. Ensinar pela Bíblia dentro dos valores estabelecidos é para nós verdades absolutas da Palavra de Deus.

  32. Dana disse:

    A palavra amor e muito vasta e genérica. Até se mata por amor. Justificando egoisticamente que foi por amor. Agora o amor de Deus não é tão volúvel é um pouquinho mais complicado, é um amor que TAMBÉM admoesta e exorta. Por isso nem todos conseguem ou querem se desgastar exercendo-o. Boa noite e fique com Deus.

  33. Dana disse:

    Se voce quer saber eu nem pertenço a nenhuma igreja evangélica atualmente. Portanto não tenho placa de igreja para defender nem político de nenhum partido na bancada evangélica para defender, porque não tenho e nem pertenço a nenhum partido e a nenhuma Igreja representada por eles. E graças a Deus que tenho plena conciencia de que são falhos, cheios de defeitos porque são homens e não Deus, porque só adoro e considero perfeitos a Deus e a Jesus. Apenas participo de um grupo que se reúne em casa para orar pregar a palavra e ajudo em trabalhos sociais, com crianças carentes, moradores das ruas, adolescentes perdidos nas drogas e tirá-los das ruas com ocupação, estudo e trabalho para ocupá-los instruí-los em cursos profissionalizantes e evangelizá-los. Agora apoio a bancada evangélica sim porque com todos os defeitos é a única ali dentro que ainda tem compromiso com os valors de Deus com o valores cristãos com a família e enfrentam a tudo e a todos sem medo ou vergonha de serem taxados do que forem em defesa das famílias dos valores e princípios cristãos. Portanto, a minha revolta é porque eu amo sim meu amigo ,amo muito as pessoas e tenho muita cimpaixão no meu coração por elas para ficar indiferente ao estrago e a desgraça que o inimigo de Deus quer fazer a estas pessoas. É LÓGICO QUE TODO MUNDO TEM O DIREITO E A LIBERDADE DE ESCOLHER SEU CAMINHO, mas para escolher é preciso pelo menos conhecer os dois lados e fazer sua opção. E é isso que o diabo não quer. Não quer que eles saibam que teem opções e que existem outras alternativas. E principlmente que existe esperança e possibilidade de mudança sim.

  34. Dana disse:

    Se voce estiver do lado de um pedófilo estuprando uma crancinha, voce vai ficar lá olhando indiferente ele estuprar a criancinha enquanto voce prega a bíblia , a tolerancia, a aceitação e o amor de Deus para ele ou voce vai primeiro livrar a criancinha para depois sim voce vai pregar o amor de DEus e a tolerancia e trazer padre, pastor, psicólogo o que voce bem entender para tratar dele? A palavra Deus diz que o mundo jaz no malígno e que o diabo é astuto e enganador. Vamos deixar e ficar olhando satanás primeiro usar os incautos para passar suas leis injustas e aceitar tudo e ser condecendente com eles e depois que estiver tudo legalizado até com nosso consentimento vamos poder fazer o que? Com que moral até diante de Deus? Eu trabalho e convivo com homossexuais e pessoas de todas as religiões e raças e trato todo mundo sem preconceito com respeito, educação e dignidade que todos nós seres humanos merecemos independente de qualquer coisa, e acho que todos merecemos um lugar ao sol. mas isso não quer dizer que devo ser conivente com seu comportamento e não lutar contra suas leis injustas para demonstrar amor e tolerancia. Jesus convivia e se misturava com os pecadores de toda ordem não para ser conivente com eles, mas para pregar o evangelho, convence-los do erro e do pecado, liberta-los das garras do engano do diabo e converter seus corações a Deus.

    O espírito do Senhor DEUS está sobre mim; porque o SENHOR me ungiu, para pregar boas novas aos mansos; enviou-me a restaurar os contritos de coração, a proclamar liberdade aos cativos, e a abertura de prisão aos presos;

    A apregoar o ano aceitável do SENHOR e o dia da vingança do nosso Deus; a consolar todos os tristes;
    Isaías 61:1-2

    “O Espírito do Senhor é sobre mim, pois que me ungiu para evangelizar os pobres. Enviou-me a curar os quebrantados do coração, a pregar liberdade aos cativos, e restauração da vista aos
    cegos, a pôr em liberdade os oprimidos, a anunciar o ano aceitável do Senhor.” [Lucas 4]

    “E disse-me: Estas palavras são fiéis e verdadeiras; e o Senhor, o Deus dos santos profetas, enviou o Seu anjo, para mostrar aos Seus servos as coisas que em breve hão de acontecer.
    Eis que presto venho: Bem-aventurado aquele que guarda as palavras da profecia deste livro.
    E eu, João, sou aquele que vi e ouvi estas coisas. E, havendo-as ouvido e visto, prostrei-me aos pés do anjo que mas mostrava para o adorar.
    E disse-me: Olha, não faças tal; porque eu sou conservo teu e de teus irmãos, os profetas, e dos que guardam as palavras deste livro. Adora a Deus.
    E disse-me: Não seles as palavras da profecia deste livro; porque próximo está o tempo.
    Quem é injusto, faça injustiça ainda; e quem está sujo, suje-se ainda; e quem é justo, faça justiça ainda; e quem é santo, seja santificado ainda.
    E, eis que cedo venho, e o meu galardão está comigo, para dar a cada um segundo a sua obra.
    Eu sou o Alfa e o Omega, o princípio e o fim, o primeiro e o derradeiro.
    Bem-aventurados aqueles que guardam os seus mandamentos, para que tenham direito a árvore da vida, e possam entrar na cidade pelas portas.”

    [ Apocalipse 22 ]

    • Léo Rossatto disse:

      O evangelho que eu conheço não segrega, ajunta. Quem convence as pessoas do pecado é o Espírito Santo. E não devemos agir com arrogância pra convencer as pessoas, mas com amor. Era isso que Jesus fazia. Jesus perdoava, não se importando com o passado. Por que nós, que nem Deus somos, mas apenas alvo da graça de Cristo, devemos?

      O que revoltava Cristo normalmente não eram os ímpios, mas os conhecedores da palavra. Aqueles que estudavam e não praticavam, usando a palavra apenas como forma de ostentação. Mais do que isso, aqueles que usavam a palavra para benefício próprio, apenas para condenar e se gabar como conhecedores de algo.

      Amor é para se espalhar. Se o vinho novo fica preso no odre, ele fermenta e envelhece até estourar o odre. É só isso, meu caro. Deus até abençoe e te ajude a viver uma vida feliz. Discordando, sim, mas sem esquecer o AMOR cristão que nos une. Não deixe essa sociedade louca e opressiva te cegar, seu objetivo ainda é refletir os passos de Cristo. Não condenando, mas com amor.

      E Cristo nunca, em todo o seu ministério, julgou ou condenou uma pessoa que não era cristã, por seus pecados. Ele sempre perdoava. Devemos ser assim, por mais que não queiramos.

    • Joao Lirio disse:

      ACHO Q O UNICO Q CONSEGUIU RIDICULARIZAR ISSO AQUI FOI O DANA MSM, OS COMENTARIOS DOS GAYS ESTAO MAIS CONVERTIDOS QUE OS CRISTAOS..HEHEHEHHE

  35. Dana disse:

    E voce julgou, acusou, condenou, ofendeu, desmereceu,,desacreditou, desrespeitou,caluniou e ofendeu educadamentem nas covardemente e hipocritamente e generalizou. Voce desrespeitou e agora exige respeito. Conhece o ditado quem quer respeito respeita? QUEM precisa refletir e pensar antes de falar é voce e ainda quer dar lição de moral e se achar certo e ofendido. A toda ação corresponde uma reação esqueceu? E quem fala o que quer deve estar preparado para ouvir o que os outros querem falar também e ouvir o que não quer. É MUITO fácil dizer que é cristão também para justificar e sair por aí jogando pedra nos outros, mas é mais difícil ter temor a Deus e não dos homens que é o que voce deveria ter antes de falar tanto non sense acusações, julgamentos, injustiças e condenações. Jesus quando se indignou contra os fariseus não usou palavrinhas doces não. Os chamou de raça de víboras. Portanto quem está precisando refletir, se encontrar, saber o que é e o que quer ser e a quem pertence é voce. Como disse Jesus na Bíblia conhece? Mateus 6:24 – Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou há de odiar um e amar o outro, ou se dedicará a um e desprezará o outro. Portanto amigo decida de que lado está e quem é o seu Senhor e para de enrolação com esse papo de que é cristão.

    • Léo Rossatto disse:

      Não chegaremos a um consenso. Sua visão de cristianismo é muito diferente da minha. Seu cristianismo é quase exclusivo, excludente, beligerante, qualquer coisa é motivo pra discutir até tentar provar que “a outra parte não é cristã”. Eu não penso o cristianismo assim.

      Seu cristianismo é competitivo. Pra você, vale mais ganhar uma discussão do que aprender com ela. Eu te entendo, afinal nossa sociedade é assim. Cada vez mais as pessoas competem entre si, as igrejas só pregam e louvam sobre “vitória”, poucas igrejas pregam o amor entre as pessoas e a convivência pacífica entre elas.

      Cara, não quero dar lição de moral. Se eu devo alguma coisa e estou errado, eu sei que o Espírito Santo, que é o consolador, vai tocar em meu coração e vai me convencer de que pequei. E, se pequei, preciso me consertar com Deus.

      Tomei o cuidado de não citar ninguém em específico, nem no texto e nem nos comentários. Tudo o que escrevi é baseado em coisas que realmente ocorreram de uma forma ou de outra, sobre as quais tenho uma opinião. Ela pode não coincidir com a sua, mas isso não te dá autoridade para determinar nem se eu e nem se ninguém é cristão ou não.

      Pra mim, um cristão se observa pelos frutos do Espírito, que descrevi no comentário anterior. Sei que você defende a bancada e não consegue ver defeitos nas pessoas que estão lá, mas essas são como cada um de nós, e esse texto não é para condená-las, mas para exortá-las, pelo bem da igreja como um todo.

  36. Dana disse:

    BANCADA DA LUTA HOMOSSEXUAL
    DEFESA DA IGUALDADE RACIAL
    DEFESA DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE
    DEFESA DOS POVOS INDÍGENAS
    BANCADA DA BOLA
    BANCADA FEMINISTA
    BANCADA CATÓLICA
    MINISTÉRIO DA IGUALDADE RACIAL
    BANCADA DAS RELIGIÕES AFRO DESCENTES
    Frente Parlamentar “Amigos do Tibete em defesa do diálogo China-Tibete” ENTRE MIL OUTRAS BANCADAS PARA TODO TIPO E GOSTO.

    Quer dizer que aos seus olhos todos tem DIREITO a LIBERDADE de ter seus representantes e defender seus direitos, valores, princípios e levantar suas bandeiras por qualquer coisa, que seja, até a mais nefastas e mais baixas e aos olhos dele é lícito, normal, direito, mas os cristãos e apenas os cristão evangélicos hein não tem direito a sua representatividade, a lutar pelos seus direitos, valores e princípios e pela sua dignidade. Porque muitas das leis que foram impedidas de passar nos atingiriam diretamente, e nos obrigariam a aceitar coisas que vão contra nossos princípios, valores e dignidade E NÓS SE voce NÃO SABE TAMBÉM FAZEMOS PARTE DESTA NAÇÃO,TRABALHAMOS E TAMBÉM PAGAMOS IMPOSTO e isso não indignaria esse “cristão”, isso ele não contestaria ou acharia errado? O qure lhe incomoda “cristão”? As AINDA POUCAS vitórias de Deus de DE UM MÍNIMO DE DIGNIDADE PARA ESSE PAÍS DECADENTE? .

    o “cristão” defende A TUDO E ATODOS todas as outras bancadas, mas querendo DESESPRADAMENTE, que a bancada evangélica seja ELIMINADA, que ninguém nunca vote em cristão evangélico, só na dobradinha do Jeaan Williscom a assassina de crianças Marta Suplicy ou seria Supílicio. Quer dizer que o Jean Willis pode lutar pela lei da viadagem livre, sem impedimento, sem barreira sem ninguém para se opor? I mpor na marra kits gays nas escolas a ‘revelia e desrespeitando e passando por cima da vontade de pais não só evangélicos, como pais católicos, espíritas, ateus, como foi feito uma enquete enorme no Brasil à respeito na época. Ou você acha mesmo que a Dilma foi contra só por causa da bancada evangélica? Esse ignorante de má fé nem se abercebeu que ela viu que a grande maioria da população brasileira independente de religião não estava aceitando e ela ia se prejudicar por isso. no Brasil à respeito e estimulando as crianças a serem homossexuais e de forma tão agressiva e desleal quanto ele acusa os evangélicos querendo parecer até que o normal é ser gay e ser hétero é anormal, numa verdadeira campanha pró homossexualismo parafabricar viados em série como ele,desde crianças. Aluta das feministas lésbicas pelo assassinato de crianças na barriga de sua mães e nós temos só que ficar olhando de fora, abaixando a cabebeça, achando lindo e dizendo amém e ainda levando nossos filhos para estarem a mercê de tudo isso, por que se não somos taxados de conservadores e manipuladores.

    Mas ser manipulado pelo Jean Willis e pela Marta Suplicy PODE NÉ? A minha amiga trabalhou na tal secretaria da igualdade racial e viu muito bem o que acontecia lá, bateção de tambor de de manhã até a’noite, todo tipo de macumbaria e ameaças e fofocas de trabalhos de macumba feitos para seus inimigos para isso e para a quilo. Todo mundo sabe que muitos desaparecimentos e ráptos de crianas e de animais é feito por estes satanistas bestiais disfarçados de religião para fazer sacrifícios humanos e de animais para oferecer aos seus demonios(santos), com a desculpa de que é uma religião como qualquer outra. E temos que ficar calados? Foi por isso que Jesus disse ide por todo o mundo e fazei discípulos em todas as Nações, istop é o envangelho, Ele andou ser pregado,não mandou respeitar religião A ou B ou demonio A ou B. E é por sso é que muitos tem sido alcançados e se arrependido destas prátiicas malditas e da influencia destes demonios e são estes que contam depois o que é realmente que acontecia com eles e por traś dos bastidores destas ditas religiões. Só que o povo comum e alheio a tudo isto e enganado não sabe e acha que é so religião. Mas isto é uma outra história. E até parece que corrupçao é prerrogativa só de evangélicos dentro daquele congresso e na política e no país em geral. Pois com todos os defeitos e problemas eu prefiro mil vezes a bancada evangélica que foi quem inicioui a luta contra a pedofilia no país e contra a prostituição infantil e contra o aborto.E luta para que haja ainda um mínimo de dignidade em um país já totalmente desmoralizado.

    GRAÇAS A DEUS PELA BANCADA EVANGÉLICA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!AInda bem que lá dentro como ele disse eles se unem pelos valores. principios, moral e dignidade e esquecem religião e placas de igreja. AINDA BEM QUE NÃO É UMA CLASSE MESMO QUE LUTA POR CLASSE E POR SEUS INTERESSES DE UM PEQUENO GRUPO DE ENTIDADE DE CLASSE, VAI VER QUE PRA ELE HOMOSSEXUAL É ISSO, PORQUE ELE ACHA LEGÍTIMO A LUTA “DE CLASSE” PELA “CAUSA “HOMOSSEXUAL” É CLARO. AINDA BEM QUE GRAÇAS A DEUS POR ISSO TAMBÉM .A CAUSA DELES É A CAUSA DE DEUS E DA HUMANIDADE. O QUE o seu “CRISTIANISMO”,tem a oferecer a humanidade de melhor do que a bancada evangélica além deste texto satânico, podre, inútil, fútil, PÉRFIDO, cheio, lotado, abarrotado do preconceito e ódio, do qual ele nos acusa.

    ódio e preconceito da parte de quem mesmo? da parte de quem?
    Indignação é a minha . Que até apontasse os erros da bancada evangélica, falasse de corrupção, de hipocrisia, dos que defendem algum princípio e agem diferente, de pregar uma coisa e fazer outra, apontasse alguém em particular que ele conhecesse eu até aceitaria e endossaria, mas isto ai foi um verdadeiro descarrego de perseguição e ódio pelos valores e princípios cristãos que são defendidos pela bancada evangélica. Ou seja os valores da família , como se isso estivesse atrapalhando os seus interesses próprios.Voce pode ser tudo,gay, macumbeiro,assasino de crianças no ventre materno, menos cristão. A bancada evangélica defende a família , defende os valores e o interesse das famílias. A bancada evangélica defende os valores da família evangelica, católica, espírita, atéia, que não tem voz para defender seus valores e que mesmo sem ter religião tem valores e princípios e dignidade de vida similares/semelhantes cristãos. Bem diferente dos grupinhos que lá estão cada um defendendo os interesses muitas vezes egoístas e escusos da sua tribinho particular, turminha em particular. Os maconheirinhos, os viadinhos, os assassinosinhos/abortistas/ os jogadoresinhos. E se não fosse a bancada evangélica esse país já seria um o maior bordel, um puteiro e todo tipo de depravação e antro de drogas nacional institucionalizado do mundo. Até a pedofilia talvez já estivesse legalizada ou a caminho disso como eram as intenções de alguns desses grupinhos. O evangélico/protestante pregam os valores cristãos e o evangelho em todo lugar porque foi isso que Jesus mandou fazer :

    Ide por todo mundo,pregai o evangelho a toda criatura – Mc. 16:15 (não disse que era só dentro das quatro paredes de uma igreja/prédio,espaço físico.)

    O evangélico ou protestante religioso e hipócrita é o que só é cristão dentro da igreja e lá fora ele é o camaleão,se amoldando a cada ambiente, no trabalho, na escola, na polica e aceita tudo, vive tudo, não se opõe a nada, não se escandaliza com nada que vá contra os princípios pelos quais ele diz que acredita e escolheu ou fica calado se fingindo de morto e esconde que é e o que acredita pra ficar bem com todo mundo.

    Romanos 12.2: “E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus.”

    “Sabe, porém, isto: que nos últimos dias sobrevirão tempos trabalhosos. Porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos, Sem afeto natural, irreconciliáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, sem amor para com os bons, Traidores, obstinados, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus, Tendo aparência de piedade, mas negando a eficácia dela. Destes afasta-te”. [2 Timóteo 3: 1-5]

    Que tem muita coisa podre e errada dentro de igrejas evangélicas, não generalizo, eu sei e todo mundo sabe que tem. Muitos erros, hipocrisias, ignorância,ganaincia, mentiras e enganos. S ele tivesse atacado a isto ou a alguém em particular, um pastor, bispo, apóstolo seja o que for eu aceitaria, a sua crítica ou ponto de vista e talvez até concordasse estaria concordando com ele, mas ele não atacou nada disso mas sim os valores e os princípios cristãos que são defendidos pela bancada evangélica e que eu também acredito, e luto por eles por isso não posso concordar e parabenizar. Só posso me indignar.

    O que o mundo oferece aí fora é muito pior, é degradação, é, morte e estagnação tanto física quanto espiritual.

    “Respondeu-lhe, pois, Simão Pedro: Senhor, para quem iremos nós? Se só Tu tens as palavras da vida eterna”. João 6:68.
    E qualidade de vida de verdade ainda aqui também

    • Léo Rossatto disse:

      Bem, você copiou o comentário sem a parte dos xingamentos.

      Velho, entendo tudo o que você quis dizer. Você se sente perseguido, acha que os gays querem privar os evangélicos de sua liberdade de culto. Uma dica, cara: não se fixe nisso.

      Sabia que ansiedade é pecado? Toda vez que você fica ansioso, você está mostrando que não confia em Deus o suficiente, e não entregou completamente os seus caminhos a Ele. Por que eu estou falando isso? Porque a ansiedade vem logo antes do sentimento de opressão. E essas duas coisas, ansiedade e opressão, vão agindo em nosso coração e nos deixando mais individualistas, sem a visão que Cristo tinha, que mostrar a verdade, através do amor, para todo tipo de gente. Especialmente aqueles que se sentiam mais oprimidos pelo pecado, como publicanos e prostitutas.

      Nós podemos e devemos ser cristãos, meu caro. Desde que nosso cristianismo seja utilizado para revelar o amor de Deus e os dons. Não os espirituais, mas os do Espírito Santo: amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade, mansidão e domínio próprio.

      Nós só conquistamos as pessoas pelo exemplo. O caminho cristão pra chegar a qualquer um é fazer isso com amor, com alegria, em paz, com muita paciência, de maneira amável (com interesse sincero, deixando as pessoas te amarem). com bondade, sendo fiel em suas palavras e promessas, sendo manso e tendo domínio próprio de suas atitudes.

      Temos que ser assim, seja com quem for. É fácil? Nunca. Eu queria? Nunca. Em outros tempos eu teria te xingado, ameaçado, feito um monte de coisas das quais me arrependeria depois. Mas pra que isso? Com que sentido?

      Eu quero que haja uma bancada evangélica no Congresso. Eu quero que existam Cristãos na Câmara, no Senado e em Ministérios. Se possível, até na presidência. Mas eu quero que existam pessoas que de fato atuem como Cristãos verdadeiros, fazendo diferença no meio político por meio dos valores cristãos.

      A bancada evangélica atual, que tem gente se aliando a ruralista pra votar contra a repressão ao trabalho escravo e muita gente respondendo processo por corrupção ativa, estelionato e até participação no Mensalão, essa eu não quero.

      Então não me odeie. Eu só penso diferente de você, e peço perdão se a primeira impressão que eu te passei foi de ódio. Não é esse o objetivo.

      Um abraço!

  37. Dana disse:

    BANCADA DA LUTA HOMOSSEXUAL
    DEFESA DA IGUALDADE RACIAL
    DEFESA DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE
    DEFESA DOS POVOS INDÍGENAS
    BANCADA DA BOLA
    BANCADA FEMINISTA
    BANCADA CATÓLICA
    MINISTÉRIO DA IGUALDADE RACIAL
    BANCADA DAS RELIGIÕES AFRO DESCENTES
    Frente Parlamentar “Amigos do Tibete em defesa do diálogo China-Tibete” ENTRE MIL OUTRAS BANCADAS PARA TODO TIPO E GOSTO.

    Quer dizer que aos olhos desse insano cego e ridículo e injusto todos tem DIREITO a LIBERDADE de ter seus representantes e defender seus direitos, valores, princípios e levantar suas bandeiras por qualquer coisa, que seja, até a mais nefastas e mais baixas e aos olhos dele é lícito, normal, direito, mas os cristãos e apenas os cristão evangélicos hein não tem direito a sua representatividade, a lutar pelos seus direitos, valores e princípios e pela sua dignidade. Porque muitas das leis que foram impedidas de passar nos atingiriam diretamente, e nos obrigariam a aceitar coisas que vão contra nossos princípios, valores e dignidade E NÓS SE ESTE PAI DO DIABO NAZISTA NÃO SABE TAMBÉM FAZEMOS PARTE DESTA NAÇÃO,TRABALHAMOS E TAMBÉM PAGAMOS IMPOSTO e isso não indignaria esse “cristão de araque”, isso ele não contestaria ou acharia errado? Quer dizer que para este patético , SATANISTA, VIADO,ASSASSINO, CHARLATÃO INVENTANDO QUE É CRISTÃO para disfarçar que na verdade é um SATANISTA, NAZISTA, VEADO, LEGISLANDO EM CAUSA PRÓPRIA cheio de ódio mortal e despeito pelas AINDA POUCAS vitórias de Deus de DE UM MÍNIMO DE DIGNIDADE PARA ESSE PAÍS DECADENTE .

    É ridículo e chega a ser patético como esse demonio se desmascara aceitando E DEFENDENDO A TUDO E ATODOS todas as outras bancadas, mas querendo DESESPRADAMENTE, O DESESPERO DO DIABO POR ESTAR PERDENDO A GUERRA, que a bancada evangélica seja ELIMINADA, que ninguém nunca vote em cristão evangélico, só na dobradinha viado do Jeaan Williscom a assassina Marta Suplicy ou seria Supílicio. Quer dizer que o Jean Willis pode lutar pela lei da viadagem livre, sem impedimento, sem barreira sem ninguém para se opor? I mpor na marra kits gays nas escolas a ‘revelia e desrespeitando e passando por cima da vontade de pais não só evangélicos, como pais católicos, espíritas, ateus, como foi feito uma enquete enorme no Brasil à respeito na época. Ou você acha mesmo que a Dilma foi contra só por causa da bancada evangélica? Esse ignorante de má fé nem se abercebeu que ela viu que a grande maioria da população brasileira independente de religião não estava aceitando e ela ia se prejudicar por isso. no Brasil à respeito e estimulando as crianças a serem homossexuais e de forma tão agressiva e desleal quanto ele acusa os evangélicos querendo parecer até que o normal é ser gay e ser hétero é anormal, numa verdadeira campanha pró homossexualismo parafabricar viados em série como ele,desde crianças. Aluta das feministas lésbicas pelo assassinato de crianças na barriga de sua mães e nós temos só que ficar olhando de fora, abaixando a cabebeça, achando lindo e dizendo amém e ainda levando nossos filhos para estarem a mercê de tudo isso, por que se não somos taxados de conservadores e manipuladores.

    Mas ser manipulado pelo Jean Willis e pela Marta Suplicy PODE NÉ? A minha amiga trabalhou na tal secretaria da igualdade racial e viu muito bem o que acontecia lá, bateção de tambor de de manhã até a’noite, todo tipo de macumbaria e ameaças e fofocas de trabalhos de macumba feitos para seus inimigos para isso e para a quilo. Todo mundo sabe que muitos desaparecimentos e ráptos de crianas e de animais é feito por estes satanistas bestiais disfarçados de religião para fazer sacrifícios humanos e de animais para oferecer aos seus demonios(santos), com a desculpa de que é uma religião como qualquer outra. E temos que ficar calados? Foi por isso que Jesus disse ide por todo o mundo e fazei discípulos em todas as Nações, istop é o envangelho, Ele andou ser pregado,não mandou respeitar religião A ou B ou demonio A ou B. E é por sso é que muitos tem sido alcançados e se arrependido destas prátiicas malditas e da influencia destes demonios e são estes que contam depois o que é realmente que acontecia com eles e por traś dos bastidores destas ditas religiões. Só que o povo comum e alheio a tudo isto e enganado não sabe e acha que é so religião. Mas isto é uma outra história. E até parece que corrupçao é prerrogativa só de evangélicos dentro daquele congresso e na política e no país em geral. Pois com todos os defeitos e problemas eu prefiro mil vezes a bancada evangélica que foi quem inicioui a luta contra a pedofilia no país e contra a prostituição infantil e contra o aborto.E luta para que haja ainda um mínimo de dignidade em um país já totalmente desmoralizado.

    GRAÇAS A DEUS PELA BANCADA EVANGÉLICA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!AInda bem que lá dentro como ele disse eles se unem pelos valores. principios, moral e dignidade e esquecem religião e placas de igreja. AINDA BEM QUE NÃO É UMA CLASSE MESMO QUE LUTA POR CLASSE E POR SEUS INTERESSES DE UM PEQUENO GRUPO DE ENTIDADE DE CLASSE, VAI VER QUE PRA ELE HOMOSSEXUAL É ISSO, PORQUE ELE ACHA LEGÍTIMO A LUTA “DE CLASSE” PELA “CAUSA “HOMOSSEXUAL” É CLARO. AINDA BEM QUE GRAÇAS A DEUS POR ISSO TAMBÉM .A CAUSA DELES É A CAUSA DE DEUS E DA HUMANIDADE. O QUE ESSE DÉBIL MENTAL FÚTIL, INÚTIL ,INVEJOSO,tem a oferecer a humanidade de melhor do que a bancada evangélica além deste texto satânico, podre, inútil, fútil, PÉRFIDO, cheio, lotado, abarrotado do preconceito e ódio, do qual ele nos acusa.

    ódio e preconceito da parte de quem mesmo? da parte de quem?
    Indignação é a minha . Que ele até apontasse os erros da bancada evangélica, falasse de corrupção, de hipocrisia, dos que defendem algum princípio e agem diferente, de pregar uma coisa e fazer outra, apontasse alguém em particular que ele conhecesse eu até aceitaria e endossaria, mas isto ai foi um verdadeiro descarrego de perseguição e ódio pelos valores e princípios que são defendidos pela bancada evangélica. Ou seja os valores da família , como se isso estivesse atrapalhando os seus interesses próprios. A bancada evangélica defende a família , defende os valores e o intertesse das famílias. A bancada evangélica defende os valores da família evangelica, católica, espírita, atéia, que não tem voz para defender seus valores e que mesmo sem ter religião tem valores e princípios e dignidade de vida similares/semelhantes cristãos. Bem diferente dos grupinhos que lá estão cada um defendendo os interesses muitas vezes egoístas e escusos da sua tribinho particular, turminha em particular. Os maconheirinhos, os viadinhos, os assassinosinhos/abortistas/ os jogadoresinhos. E se não fosse a bancada evangélica esse país já seria um o maior bordel, um puteiro e todo tipo de depravação e antro de drogas nacional do mundo. Até a pedofilia talvez já estivesse legalizada ou a caminho disso como eram as intenções de alguns desses grupinhos. O evangélico/protestante pregam os valores cristãos e o evangelho em todo lugar porque foi isso que Jesus mandou fazer :

    Ide por todo mundo,pregai o evangelho a toda criatura – Mc. 16:15 (não disse que era só dentro das quatro paredes de uma igreja/prédio,espaço físico.)

    O evangélico ou protestante religioso e hipócrita é o que só é cristão dentro da igreja e lá fora ele é o camaleão,se amoldando a cada ambiente, no trabalho, na escola, na polica e aceita tudo, vive tudo, não se opõe a nada, não se escandaliza com nada que vá contra os princípios pelos quais ele diz que acredita e escolheu ou fica calado se fingindo de morto e esconde que é e o que acredita pra ficar bem com todo mundo.

    Romanos 12.2: “E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus.”

    “Sabe, porém, isto: que nos últimos dias sobrevirão tempos trabalhosos. Porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos, Sem afeto natural, irreconciliáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, sem amor para com os bons, Traidores, obstinados, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus, Tendo aparência de piedade, mas negando a eficácia dela. Destes afasta-te”. [2 Timóteo 3: 1-5]

    Que tem muita coisa podre e errada dentro de igrejas evangélicas, não generalizo, eu sei e todo mundo sabe que tem. Muitos erros, hipocrisias, ignorância,ganaincia, mentiras e enganos. S ele tivesse atacado a isto ou a alguém em particular, um pastor, bispo, apóstolo seja o que for eu aceitaria, a sua crítica ou ponto de vista e talvez até concordasse estaria concordando com ele, mas ele não atacou nada disso mas sim os valores e os princípios cristãos que são defendidos pela bancada evangélica e que eu também acredito, e luto por eles por isso não posso concordar e parabenizar. Só posso me indignar.

    O que o mundo oferece aí fora é muito pior, é degradação, é, morte e estagnação tanto física quanto espiritual.

    “Respondeu-lhe, pois, Simão Pedro: Senhor, para quem iremos nós? Se só Tu tens as palavras da vida eterna”. João 6:68.
    E qualidade de vida de verdade ainda aqui também

    • Léo Rossatto disse:

      Só vou aprovar um dos 3 comentários que você copiou e colou, cara. Não consigo ficar online 24 horas pra aprovar tudo na hora, é complicado.

      Quanto ao conteúdo, bem na boa, eu podia te responder à altura, mas nem dá pra argumentar nada quando seu principal argumento é o de que “eu critico a atuação da bancada evangélica porque sou homossexual”. Sou cristão, heterossexual, muito bem resolvido, e acho que qualquer um merece o amor de Deus. Inclusive você. Quando você for contra a atitude de alguém, e isso é uma dica que você não deve escutar, do alto da sua fúria, fale apenas acerca da atitude. Não ofenda a pessoa. Não tenha preconceitos. Preconceito reflete soberba, e Deus condena a soberba. Somos TODOS pecadores, saímos TODOS da mesma vida de pecado, e, como já disse em inúmeros comentários acusatórios aqui: em nenhum momento condenei as pessoas, mas tenho sérias críticas contra as atitudes que algumas delas tem tomado.

      E colagem de versículo é fácil. Até Satanás usou a Bíblia pra tentar a Cristo, só dar uma lida lá em Mateus 4 que você vê.

      Esse texto não é um texto de ódio. É um texto de amor. É um texto exortando a bancada evangélica a agir de acordo com os princípios verdadeiros do amor de Cristo, e não por interesses próprios.

      E tenta refletir se esse monte de ofensas que você dirigiu a mim, enquanto pessoa, são cristãs. Porque eu podia ter ignorado seu comentário, mas preferi aprovar, porque as palavras da boca, ou escritas, revelam o que está no coração da pessoa. Mas não vou guardar mágoa, só tenta não agir por impulso, amigo. De verdade. Nem vou falar “EU TE PERDOO” porque pode soar arrogante, mas fica em paz.

      Deus te abençoe muito, colocando amor no seu coração. Por todas as pessoas, indistintamente. Inclusive seus “inimigos”. Porque é mandamento bíblico.

    • Joao Lirio disse:

      DANA, NINGUEM AQUI ESTA QUERENDO TIRAR O DIREITO DE X OU Y TER SEU REPRESENTANTE NA CAMERA DOS DEPUTADOS, MAS OS EVANGELICOS NAO ESTAO LUTANDO PELA CONSTRUCAO DOS SEUS DIREITOS, ESTAO VETANDO DIREITOS QUE DEVEM SER RESERVADOS AS OUTRAS CLASSES COMO OS HOMOSSEXUAIS.

  38. atorresmkt disse:

    Não conhecia seu blog, mas permita-me cumprimentá-lo pela sua paciência e tolerância em responder a cada um dos seus comentaristas, por mais falaciosos ou mesmo agressivos que tenham sido.

    Você somente mostrou assim o quanto realmente é cristão. Eu confesso, não tenho ainda essa virtude, mas nada como bom exemplos para buscarmos nos melhorar.

    Um grande abraço!

  39. Olha, eu vou por um ponto final nessa discussão porque cada vez que entro nesse blog fico mais indignado. Você vem me dizer que eu coleto informações isoladas, né? Mentiu de novo. Você escreveu seu texto em tópicos e eu fui combatendo tópico por tópico, nada descontextualizado. Se o povo não lê Bíblia, culpe o povo, não o líder. Suas contradições irritam até um monge, quanto mais a mim. Você escreve: “Não falo em controle, e sim em manipulação. E concordo em relação ao fato de termos de renomear o termo “fiéis”. A rotatividade é assombrosa nas igrejas, mas as ideias gerais, na maior parte das vezes passadas não pelas igrejas, mas por meios de comunicação como TV e rádio, ficam arraigadas nas pessoas. É algo associado ao argumento anterior, de atribuir um papel ao líder que ele não tem.” Poxa, se as idéias gerais, na maior parte das vezes passadas não pelas igrejas, mas por meios de cominicação está incorreta, culpe os meios de comunicação, não os líderes! Ai você diz que eu estou descontextualizando. Desculpe a grosseria, moço, mas você não merece ser levado a sério. Tô gastando mais tempo do que merece essa balela toda que você diz.

    • Léo Rossatto disse:

      Amigo, se você se sentiu ofendido com os comentários, perdão, não era a intenção. Podemos não concordar, ok, isso é bom, mostra que as pessoas são diferentes.

      Eu discuto aqui não pra acusar os outros ou “vencer” uma discussão. Uma discussão boa não é uma que tenha “vencedores” ou “perdedores”, mas uma em que todos exponham as suas ideias e aprendam ao final.

      Um abraço, desculpe se você ficou ofendido por minha causa e Deus te abençoe no seu caminho, meu caro.

    • Joao Lirio disse:

      NAO PUDE DEIXAR DE ME METER NESSA GRAYVER LIBERATO, OS MONGES SAO MTOS SABIOS, COMO VC AGIU DE IMPAFIA AO COMPARAR SUA PACIENCIA A DE UM MONGE, UM MONGE JAMAIS ENTRARIA NESTE DEBATE E SE ENTRASSE, SUA PALAVRA CERTAMENTE SERIA A ULTIMA… O GRANDE PROBLEMA SABE QUAL EH, QUE EH SOH UM Q AGE DE MANEIRA INFELIZ LA NA BANCADA EVANGELICA, ENTRE DEZENAS, O PROBLEMA EH Q O CONCEITO DESSE UM EH O MESMO DE MILHARES DE LIDERADOS, MANIPULADOS…

  40. Daniel Bruno disse:

    Gostei do texto! Eu sei que tem estúpido em qualquer lugar, em qualquer religião, mas a participação política desses grupos religiosos é quase sempre tão equivocada (beirando o absurdo), que as vezes até me esqueço que nem todos os religiosos tem a mania insuportável de julgar o outro.

  41. Cláudio Meireles disse:

    Léo. Parabéns pelo texto. Você é um Cristão de pensamento arejado. Sou um inimigo declarado destes Cristãos que querem impor sua vontade ao restante da sociedade. Não sou Cristão, tenho religião apenas no meu quarto. Espaço público é lugar de debater idéias e não crenças religiosas. Sempre que eu tecer minhas críticas aos Cristãos, me lembrarei que existem alguns poucos como você. Sempre bato na tecla que as pessoas devem estudar mais, pensar e refletir de forma independente, e deixar de confiar seus destinos de forma cega nas mãos do pastor / padre ou mesmo da Bíblia. Você é destes Cristãos, que através do Estudo, se libertou do falso Cristianismo. Continue a escrever!
    Grande abraço

  42. Nicolas Maia disse:

    Excelente texto, lucidez ímpar. Parabéns, e, se possível, escreva mais sobre o assunto no futuro!

  43. Cura Gay: Nenhuma igreja evangélica trabalha com esse termo: cura. Até porque reconhecemos que homossexualismo não é doença, mas uma opção de comportamento. Opção essa que pode ser imposta ou aprendida.
    Conformismo osmótico: 1- valeria a pena lembrar que os membros da maioria das igrejas evangélicas são aconselhados a portarem, estudarem e conhecerem a Bíblia. Não existe verdade absoluta que saia da boca do líder. Há a verdade absoluta que é afirmada pela Bíblia. Se essa verdade é proferida pelo líder, pelo liderado, pelo jumento ou pela vassoura, continua sendo verdade do mesmo jeito.
    2- Infalibilidade quase papal? Gostaria que essa afirmação fosse seguida de algum exemplo. Jamais um líder de qualquer igreja (a não ser a Católica Apostólica Romana) afirmou ou insinuou que fosse ou seja infalível, pelo contrário, todos são unânimes em afirmar que são humanos, falhos e que se alguém quiser perfeição, a procure em Deus, porque só Ele é perfeito.
    3- Controle dos fiéis. Talvez seja a hora de revermos essa palavra “fiéis”, para designar os membros de igrejas evangélicas. O índice de evasão e fuga de membros de uma igreja para outra é assombroso. A porta de saída não é a mesma de entrada. Quem está de fora, conhece a porta de entrada, e acha que todo mundo que entra, fica, mas quem está lá dentro também conhece a porta de saída, e sabe que o número de pessoas que saem supera em muito o das pessoas que entram.
    Lutam contra o estado laico: Nenhum líder evangélico propõe que o estado deva assumir posição religiosa:
    1- Lutar contra o estado laico seria lutar para que o estado assumisse posicionamento favorável a alguma religião. Gostaria de ver algum exemplo de qualquer líder ou religioso que se posicionasse dessa maneira. Lutar contra o estado laico seria propor o que se fez no Brasil antes de 1889, quando o estado só reconhecia como religião o catolicismo. Após a chegada da corte portuguesa no Brasil em 1808, a Inglaterra, aliada portuguesa na fuga de Portugal, exigiu que fossem permitidos cultos protestantes, o que gerou a fúria da Igreja Católica, chegando a ameaçar o Príncipe Regente de excomunhão, este, por sua vez, contemporizou permitindo que os cultos protestantes fossem realizados em residências comuns e que não fossem tocados sinos para o convite aos cultos. O estabelecimento da República não garantiu a liberdade religiosa a ninguém. A lei que garantiu essa liberdade só foi promulgada em 1946, juntamente com a Constituição daquele ano, no governo de Eurico Gaspar Dutra. Curiosamente, a emenda que deu origem à lei foi escrita por Jorge Amado, ubandista assumido, que se revoltou ao ver a violência com que eram atacados e saqueados os protestantes nordestinos. Quem os saqueava? Não se sabe bem, mas eram fanáticos que andavam em grupo com uma cruz na frente.
    2- A propósito, o estado é laico? Diante da lei, todo loteamento em área urbana deve reservar obrigatoriamente uma área para a construção de uma escola, uma área para o campo de futebol e uma área para a construção de uma igreja. Adivinha qual igreja sempre recebe esse lote! A Igreja Católica Apostólica Romana. Isso é um estado laico? Na cédula da moeda corrente está escrito: Deus seja louvado. Isso é estado laico? Gostaria que alguém dissesse o nome e endereço de alguma igreja evangélica que tenha recebido terreno do governo, seja ele federal, estadual ou municipal.
    3- Sobre dizer que os evangélicos tentam “barrar” cultos de origem africana, digo o seguinte: Se há sacrifício de pessoas em um culto (seja ele de qual religião for), é caso de polícia. Se há sacrifício de animais, isso é caso de polícia. Querer imputar essa culpa aos evangélicos ou à bancada evangélica, é medíocre.
    São preconceituosos: Dizer que as feministas defendem o aborto é tão certo quanto dizer que os homens defendem a depilação masculina. Decisões pessoais não podem ser atribuídas a grupos. Sobre o fazer acepção de pessoas, é bom informar que as igrejas estão de portas abertas para quem quiser entrar, diferentemente da Maçonaria e algumas seitas que não gostam de assumir que são religiões. Ninguém é obrigado a se tornar membro de uma igreja evangélica, mas se quiser, deve se submeter às regras que existem ali, como em qualquer grupo social. Tente se filiar a um partido político e concorrer às eleições de outubro e vai entender o que é acepção de pessoas. Lavagem cerebral não é a resistência da igreja evangélica ao aborto e à união de pessoas do mesmo sexo, lavagem cerebral é o que fizeram com uma sociedade que não consegue oferecer oportunidade ao contraditório, e acredita que tudo que é conservador é ruim e tudo que é moderno é bom. Isso sim é preconceito.
    Fisiológicos e corruptos: Bom, acho que chegamos ao ponto das contradições. Você acha realmente que um político evangélico deveria dedicar seu mandato a propagar a fé cristã? Ele foi eleito para isso? Você acha realmente que a “Bancada Evangélica” deveria trabalhar no Congresso para propagar a fé cristã? O Congresso é lugar disso? Decida o que você quer, meu jovem, se acha que a “Bancada Evangélica” deve defender seus interesses religiosos no Senado e na Câmara, não reclame se começarem a fazer isso, pois até agora não começaram. Até agora, eles defendem seus interesses pessoais, como a maioria dos políticos.
    Já que você começou seu texto dizendo “vamos aos fatos”, repito aqui sua frase: Mas vamos aos fatos: se os evangélicos tivessem sofrido uma lavagem cerebral, você acha que apenas 25% da “Bancada Evangélica” teriam se reeleito? O povo evangélico é mais politizado do que você supõe e sabe que voto é sinônimo de confiança. Se a pessoa que recebeu seu voto, chegou lá em cima e ficou igual aos demais, essa pessoa não receberá outro voto! Se todos agissem assim, o nível de renovação no Congresso seria muito maior e a qualidade dos políticos muito melhor. Pra fechar a tampa do balaio, você diz que a Dilma deu um ministério à Bancada Evangélica, se referindo a um senador que foi indicado ao ministério da pesca, bom, vamos levantar quais as religiões dos outros 36 ministros do governo e veremos se a “Bancada Evangélica” é que é a forte mesmo!
    Maculas a fé cristã: A Bancada Evangélica não tem pretensão de falar em nome de todos os cristãos, até porque, como você observou no início do texto, os evangélicos não são um grupo homogêneo, como poderiam eles falar em nome de todos os cristãos? Absolutamente fora de lógica. Agora, explique pra nós uma coisa, A dita bancada possui 63 deputados e 3 senadores do total de 513 deputados e 81 senadores, não possui a maioria para aprovar nada no Congresso, me diga como a bancada consegue aprovar o que quer e vetar o que não quer. Talvez valha a pena considerar a possibilidade de outros parlamentares, de outras religiões, de outras bancadas, concordarem com opiniões que, via de regra, são tributadas apenas aos evangélicos.
    Conclusão:
    Para um enciclopedista, você é muito mal informado. Para um cristão, é bem intencionado, mas pouco capacitado.

    • Léo Rossatto disse:

      Vamos começar pelo final. Nunca tive a intenção de ter o monopólio do conhecimento e fico feliz de ser chamado de mal informado. Estamos aqui, dentre outras coisas, para aprender. Quanto a ser “pouco capacitado”, é sinal de que ainda dá pra melhorar muito, porque é Deus quem capacita.

      Quando eu vou escrever um texto, eu trabalho com exemplos. Atitudes que justifiquem o meu argumento, ou, no limite, o desmintam e me forcem a tomar outra linha argumentativa. Tudo o que foi descrito no texto, que você rebateu em muitas linhas, são apenas exemplos. O maior mérito de qualquer igreja, e especialmente da evangélica aqui no Brasil, é o fato dela ser extremamente heterogênea, a ponto de termos opiniões completamente contrárias e ainda assim compartilharmos a mesma fé.

      Minha linha argumentativa principal reside no fato de que a atuação da bancada evangélica mais prejudica do que ajuda os cristãos perante a sociedade. Porque defende o evangelho, em geral, numa visão reducionista, restritiva, conservadora, que está mais preocupada em fiscalizar o comportamento alheio do que em preservar as liberdades das pessoas. Na Bíblia há diversas condenações à fiscalização pura e simples do comportamento alheio, e nenhuma menção a cuidarmos do comportamento de pessoas de não são “irmãos na fé”. O próprio cuidado com irmãos, entre cristãos, é algo tratado visando o crescimento espiritual, e não a destruição.

      Sendo assim, não consigo e nunca conseguirei tolerar quando vejo um cristão defendendo restrições para diferentes grupos sociais, especialmente se os mesmos não são cristãos. Porque eu não consigo considerar cristã uma lei que vai gerar uma opressão sobre uma grupo de pessoas, estejam elas dentro ou fora da igreja. Isso é o cerne de todo meu argumento contra a atuação da bancada evangélica como frente parlamentar. E quero deixar bem claro que, obviamente, eu me volto contra a atuação. Contra as atitudes já tomadas, dando exemplo. Não contra as pessoas. Não tenho condição e nem pretensão de julgar ninguém em específico.

      Meu sonho seria que todos eles se prendessem aos princípios bíblicos, de forma humilde, e repensassem um pouco sua atuação no Congresso, e o impacto que a mesma está trazendo para a sociedade.

      E quanto à questão de ser minoria, é óbvio que, no contexto político, minorias como a evangélica e a ruralista, por exemplo, atuam fazendo lobby por suas causas. Podem aprovar projetos de seu interesse em troca da votação favorável em outros projetos, de interesse do governo. É aí que reside o poder da bancada evangélica. E é nesse jogo de barganhas que as exigências e medidas têm sido incorretas, muitas vezes.

      Agradeço muito seu comentário, você colocou dados importantes e enriqueceu muito o debate. Deus te abençoe, meu caro.

      • Você diz que trabalha com exemplos para escrever seu texto, pois eu pedi exemplos e você não deu. Você não trabalha com exemplos, você trabalha com boatos. Você faz afirmações falsas. Você fala sobre amor ao próximo e respeito, mas desrespeita seus próprios irmãos na fé discaradamente. A Bíblia também fala sobre levantar falso testemunho, não fala? A Bíblia também condena a mentira, não condena? Você diz que a bancada mais prejudica os cristãos do que ajuda, mas quem prejudica os cristãos de verdade são pessoas como você, que querem emitir uma opinião de valor fundamentada em inverdades. Você prejudica o cristianismo. Você joga contra o próprio time. Você tem todo direito de querer barrar a bancada evangélica, mas deveria usar verdades, não mentiras. Eu desqualifiquei seu texto termo por termo aqui e você não foi capaz de combater na mesma linha, sabe porque? Porque você sabe que fez m*%&$. Sabe que falou mais do que devia. Sabe que acusou pessoas de maneira injusta. Isso que você fez, se tivesse sido feito diante de um juiz, você teria sido preso. Se você tivesse feito isso no mundo-cão da criminalidade, teria sido morto. Aí, pra tentar reparar a bobagem, calça a cara com uma falsa humildade e diz: “Estamos aqui, dentre outras coisas, para aprender”. Quer aprender de verdade? Então aprende essa, moço: nem sempre você terá oportunidade de corrigir um erro que cometeu, então, pense bastante antes de agir, e se agir errado, pague o preço e corrija!
        Você acha que a bancada evangélica prejudica os cristãos mesmo? Então conheça melhor o trabalho da bancada gay, que quer criminalizar a opinião! Por um comentário como esse aqui, eu, ou qualquer outra pessoa, poderia pegar de dois a cinco anos de cadeia, sabia? Com isso você deve concordar, né? Conheça melhor o trabalho da bancada pró-drogas, que quer descriminalizar o porte, uso e cultivo da maconha. Em uma capital, como São Paulo, onde deve ter de 200 a 300 grandes traficantes, passaria a ter além desses, mais 10.000 pequenos traficantes, que cultivariam a droga legalmente em casa, portaria a quantidade legal e venderia para seus clientes insuspeitadamente. Talvez você também concorde com isso, né? Pois é contra isso que a bancada evangélica luta! Você sabia que existe uma bancada da pedofilia no Congresso? É isso mesmo! Eles lutam para reduzir a maior idade penal de 18 para 16 anos, se possível, para os 14 ou 12 anos. A pessoa com essa idade poderia não só responder criminalmente por seus atos, como também poderia se relacionar sexualmente sem qualquer problemas, sabia? Ou seja, se a maior idade penal cair, a bancada da pedofilia vai vir com tudo em cima dizendo que quem é capaz de responder por um crime também pode responder por suas relações sexuais, ainda que seja uma criança de 12 anos. Você também concorda com isso, Sr. Enciclopedista? Pra encerra a conversa, ouve só: Há décadas o homossexualismo era tratado como doença, e quem afirmava isso não eram os evangélicos, eram os psicólogos (ironia, não?). Depois de muito tempo entendeu-se que homossexualidade era uma opção, não uma doença. Agora já querem empurrar goela abaixo que a pessoa nasce homossexual! Se a pessoa nasce homossexual, porque ninguém atesta sua homossexualidade quando ainda é um bebê de fraldas? Agora se segura na cadeira aí: Atualmente a pedofilia é considerada uma doença. O senhor arrisca um palpite de como a pedofilia será tratada dentro de alguns anos? Você disse “nunca conseguirei tolerar quando vejo um cristão defendendo restrições para diferentes grupos sociais”, você consegue tolerar que os cristãos defendam restrições a esses grupos sociais? Consegue tolerar que os cristãos lutem contra as drogas, contra a pedofilia e contra a criminalização da opinião? Consegue?
        Sua desinformação faz você se voltar contra quem defende inclusive os seus direitos. Você entrega uma flecha poderosa, inflamada com mentiras, na mão do inimigo para que ele fira seu próprio irmão. Você deve um pedido de desculpas público e com a mesma veemência desse seu texto não aos parlamentares, mas às pessoas que leram esse seu texto e acreditaram nas suas palavras mentirosas. Você errou e deve corrigir seu erro de maneira honesta e verdadeira.
        Pra encerra o assunto: Lobby dos evangélicos? Suponhamos que você e eu sejamos os únicos sócios de uma empresa. Eu tenho 88% da empresa e você 12%. Você teria alguma chance de fazer lobby comigo? Os deputados evangélicos são 12% da Câmara e 3% do Senado. Você acha que eles têm peso para barganhar alguma coisa que não seja de interesse comum dos demais parlamentares? O peso da bancada evangélica não é quantitativo, é qualitativo. A bancada consegue fazer mais barulho e mobilizar a sociedade a cerca de temas relativos ao bom andamento do país como nenhuma outra, esse é o trabalho do político. Agora, se você acha que político cristão tem que ir pra tribuna do Senado ou da Câmara para pregar o evangelho, me desculpe, mas nem no Brasil Colônia foi assim.

        • Léo Rossatto disse:

          Acho precipitado falar que eu disse mentiras. E nem condenei pessoas em específico. Duvido que você encontre. Condenei atitudes, que na minha opinião, não condizem com o que eu entendo como cristianismo.

          Não acusei ninguém de maneira injusta. Na verdade, em relação a isso, estamos falando sobre coisas diferentes. Porque temos pontos de vista diferentes, porém conciliáveis.

          Agora, querer enxergar qualquer acusação como “inverdade, vinda de um mentiroso”, é muito mais fácil do que tentar fazer uma autocrítica. Reafirmo tudo o que disse no texto, e tenho plena consciência do que ele representa. Mais: afirmo a pouca eficácia da sua linha argumentativa, que consiste em coletar afirmações isoladas de seu contexto para desqualificar o argumento como um todo. Como muitos pregadores em igrejas neopentecostais fazem em suas pregações, diga-se. O que tem de pregação de heresia com versículo descontextualizado por aí é uma grandeza.

          Em relação aos argumentos “pró-gay”, “pró-drogas” e “pró-pedofilia”, considero um certo exagero na sua percepção. Em uma sociedade existe um “conjunto de valores do bem”, como já dizia John Rawls, e esses valores sempre devem ser defendidos pela maioria. Existe gente no Congresso que defende de tudo. Coisas que concordamos e discordamos.

          Em relação ao lobby, o Congresso não tem nenhuma relação 88/12. Pelo contrário, num ambiente multipartidário como o nosso o governo tem que fazer coalizão com muita gente pra conseguir governar. E isso inclui evangélicos. Mas vou explicar melhor abaixo

          E em relação aos argumentos do outro comentário:

          1) As pessoas são aconselhadas a ler a Bíblia. Ok. concordo. No modelo de igreja ideal, isso seria o óbvio. Mas a realidade da maioria das nossas igrejas, especialmente as neopentecostais, é diferente. Como eu já disse, as palavras podem ser descontextualizadas para atender a interesses, e você deveria ter uma postura mais crítica em relação a isso, conhecendo o meio evangélico.

          2) Aí já entro no fato de que pastores tem autoridade inquestionável. Todos os grupos neopentecostais são organizados em torno da figura carismática (no sentido filosófico de carisma) de um líder em específico. Não citarei nomes, mas, se você realmente conhece a igreja evangélica como um todo, sabe disso. Esses líderes tornaam-se “referências pop”, em suas igrejas, e aí reside a “quase infalibilidade”. Cabe ressaltar que isso só ocorre única e exlusivamente porque, como disse no primeiro ítem, as igrejas não são ideais. Se fossem, concordaria integralmente contigo. Numa perspectiva realista da igreja brasileira, afirmo sem medo de errar que uma porcentagem muito grande de fiéis se apega mais à figura do líder como “fenômeno pop” do que a Deus, ainda que o certo seja o contrário.

          3) Não falo em controle, e sim em manipulação. E concordo em relação ao fato de termos de renomear o termo “fiéis”. A rotatividade é assombrosa nas igrejas, mas as ideias gerais, na maior parte das vezes passadas não pelas igrejas, mas por meios de comunicação como TV e rádio, ficam arraigadas nas pessoas. É algo associado ao argumento anterior, de atribuir um papel ao líder que ele não tem.

          Sobre o restante:

          a) Eu sei que você deve ter lido o texto com certa raiva, por não concordar com o argumento principal. Mas eu disse exatamente o que você falou sobre a história do Estado laico no texto. Nem discordamos tanto sobre isso. Apenas sobre o fato de que existem sim setores políticos com essa visão. Esse é um exemplo: http://g1.globo.com/bahia/noticia/2012/02/lei-do-pai-nosso-comeca-ser-praticada-nas-escolas-de-ilheus-ba.html (e olha que eu amo o Pai Nosso, oração mais profunda e esclarecedora da Bíblia).

          b) Sim, e Estado é Laico, e falhas nesse laicismo por conta de leis anacrônicas, como essa dos loteamentos, devem ser resolvidas modificando-se a lei, e não abandonando o conceito de laicismo. Os evangélicos são os primeiros que deveriam lutar pelo laicismo do Estado, pois o cristianismo é a única religião que diz claramente que os seus fiéis seriam perseguidos pelas suas escolhas. Problemas como esse são oriundos de um Estado com 95% de Católicos, como o de 50 anos atrás. Mudanças sociais geram mudanças legais, mas no Brasil esse processo é inacreditavelmente lento.

          Não conheço nenhum culto africano que tenha sacrifício de pessoas, a não ser os rituais de magia negra, não necessariamente de origem africana e já tipificados como crime. E a lei é extremamente falha e dúbia em relação a casos de animais. Dá margem a diversas interpretações, e é alvo de críticas ferozes de militantes de defesa dos animais, por exemplo. Em relação aos demais casos, como o das feministas em relação ao aborto, sempre enfatizei a importância da liberdade de decisão pessoal, nem sei porque tanta polêmica em relação a isso. E sobre as igrejas não serem sectárias e admitirem qualquer um para assistir aos cultos, amém, mas nenhum grupo religioso faz lobby contra grupos externos tentando restringir direitos atualmente, a não ser católicos e evangélicos.

          c) Sobre serem fisiológicos e corruptos, um dos pressupostos fundamentais de um Estado Laico é a separação entre igreja e Estado. Como bancada, é notório o uso do Estado para promulgar leis que favoreçam igrejas e grupos específicos. Como esse: http://noticias.gospelmais.com.br/projeto-templos-religiosos-paguem-menos-energia-eletrica-36879.html

          Em relação à corrupção, é um pouco pior. Os deputados evangélicos são os mais faltosos do Congresso, os que menos apresentam projetos e os que, proporcionalmente, sofrem mais processos por crimes diversos: http://noticias.gospelmais.com.br/jornalista-bancada-evangelica-ausente-inexpressiva-congresso-36657.html – não é o tipo de atitude que se espera. Eu mesmo gostaria que eles fossem os mais íntegros e sensíveis às demandas da população no Congresso, visto que eles convivem com a população em suas igrejas todos os dias.

          Sobre a questão do Ministério da Pesca em específico, como já disse no outro comentário: reflete e importância do lobby da Frente Parlamentar Evangélica como grupo organizado. Não importa a religião dos demais 36 Ministros (e tem até Ministro Evangélico no meio), mas a indicação do Crivella foi fruto da negociação entre as presidência e a bancada evangélica para aprovação de projetos que interessam ao governo. O que eu condeno é essa barganha, o fato do Crivella ter se tornado ministro por influência da bancada, ainda que seja um ministério menor que o da educação ou da saúde, por exemplo.

          E, pra finalizar: a bancada pode não pretender expressar a opinião de todos os cristãos, mas a sociedade a enxerga como a expressão política dos cristãos. É impossível fugir disso. E aí aumenta muito a responsabilidade da bancada evangélica ter um comportamento exemplar e cristão, coisa que eu não considero que esteja ocorrendo atualmente.

    • Joao Lirio disse:

      SOH CORRIGINDO:

      *HOMOSSEXUALISMO OPCAO DE COMPORTAMENTO – ERRADO

      #HOMOSSEXUALIDADE ORIENTACAO SEXUAL, CARACTERISTICA PESSOAL IMUTAVEL QUE FAZ COM QUE PESSOAS DESPERTEM DESEJO SEXUAL POR PESSOAS DO MESMO SEXO, UMA DAS UNICAS CAUSAS JA CONHECIDAS E COMPROVADAS PELA CIENCIA EH O TIG TRANSTORNO DE IDENTIDADE DE GENERO, ISSO EH UMA DOENCA PSICOLOGICA INCURAVEL QUE FAZ O PACIENTE REJEITAR SUAS CARACTERISTICAS, PESSOAS NAO ACEITAM O DEDO, O BRACO, A PERNA, CHEGAM A AMPUTAR E VIVER MUITO FELIZES APOS A AMPUTACAO, A REJEICAO AOS ORGAOS SEXUAIS TBM, SURGINDO ASSIM NOSSAS COLEGAS TRANSEXUAIS…

      FICA A DICA DA PROXIMA VC PODE PARECER MAIS BEM INFORMADO.

  44. Lex disse:

    Anouska. Quero dizer que da mesma forma que a sociedade julga os heterossexuais, em local publico, também deve ser julgado, qualquer tipo de casal. Creio que os homossexuais também terão conflitos, quanto por exemplo um casal homossexual adotar uma criança, e de repente está criança observar algo, diferente do que tem dentro de casa, ou seja, um comportamento heterossexual, de repente está criança que foi criada num lar homossexual, entrará em conlito,
    pois cresceu ou vendo seus dois pais se beijando ou suas duas mães,e creio que os casais homossexuais, não vão querer que seus filhos adotados, cresçam com conflitos ou bloqueios. É por isso que eu sou a favor que cada gay seja mais discreto, que pense mais na família que formarão do que em si mesmos, pelo afeto, pois todo sentimento é passgeiro. Eu vejo tanto um heterossexual como um homossexual como seres humanos, nenhum é melhor que o outro. Acho essa briga inútil, pois sempre existiram homossexuais, desde que o mundo existe. e acho que não vão deixar de existir. Quando um homossexual é muito depravado em seus comportamentos, ele estará sujeito a punição assim como os heteros. Manifestações de afeto, são as que talvez promovam mais tolerância. Eu acho que os heterossexuais também devem ser mais disciplinados em relação a sua sexualidade, pois ninguém precisa saber ou ver o que fazem ou deixem de fazer.

  45. @eutogorda disse:

    A pergunta que me faço é: estamos revivendo a idade média? é claro de maneira diferente, tendo em vista que a igreja não passava o conhecimento, mas hoje a bíblia está disponível de toda e qualquer foma (medo disto, maaaaas…) e as pessoas não buscam conhecimento, buscam coisas materiais ao invés das espirituais, pois as espirituais que são amor e as demais em consequências ficam em segundo plano, as mesmas simplesmente estão como em um cabresto e não ouse tentar confrontá-las, pois estão com respostas treinadas e cheias de ‘fé’ e ‘espírito santo’. Então, alguém sabe o que acontece após a idade média? hehe :*

  46. Robson disse:

    SIMPLESMENTE RIDÍCULO. MAS COMO ESTAMOS NUM PAÍS DEMOCRÁTICO, CADA TEM O DIREITO DE ESCREVER O QUE PENSA, FELIZMENTE NINGUÉM É OBRIGADO A CONCORDAR COM ISSO!

    • Léo Rossatto disse:

      Dou graças a Deus que ninguém é obrigado a concordar. Uma das coisas mais bacanas que existem é a diversidade de opiniões. E a compreensão de que, de fato, somos uma democracia e cada um tem o direito de se manifestar. Abraço!

  47. Wellington disse:

    Parabéns pelo texto! Se 20% da sociedade tivesse esse nível de esclarecimento, o povo estaria em melhores condições!!!

  48. Diogo Remies disse:

    Uma bancada evnagélica tem tanto mérito quanto uma bancada flamenguista ou uma bancada dos seguidores de Ares… A religião já demontrou que foi criada com o intuito de manipular as massas e atualmente ela atinge seu propósito, para mim quem melhor descreveu a religião foi Marx quando disse: “A religião é o ópio do povo”.

  49. Lex disse:

    Que os gays sejam o que quiserem, mas sem precisarem de Lei e que sejam discretos, assim como a Lei que pune os heterossexuais, vi estes dias atrás uma reportagem que dizia que uma casal hetero foi recriminado ao se beijar em um restaurante. A pergunta que eu faço é: Será que se fosse um casal gay eles seriam recriminados. Acredito que não pois com a ajuda da mídia, as pessoas tem medo de falar contra os gays. Conheço vários gays, e a maioria deles, defende que se deve ser discreto, ou seja, se você quiser namorar, faça isto dentro da sua casa.

    • ‘Discretos’? Por quê, para não incomodar Vossa Senhoria? Feche os olhos ou saia do recinto se o nosso beijo te incomoda. De resto, sou discreta nas coisas que minha mãe me ensinou: não falar alto, comer de boca fechada, essas coisas. Se uma manifestação de afeto te incomoda, bem. Acho que quem tem problemas não sou eu ou os gays em geral.

  50. Sandro Ribeiro disse:

    Concordo com boa parte do que o autor explanou, mas dizer que os líderes evangélicos se atribuem uma “infalibilidde quase papal”? Alguém aí realmente acredita que os papas são infalíveis? São anjos? São santos? São alienígenas? Fala sério, né!!!
    O lobby religioso que em 2010 pressionou o PT em questões como aborto tinha grande influência da igreja Católica, ou seja, não deve ser atribuído à tal bancada evangélica em si e pronto!
    A BANCADA EVANGÉLICA É RACISTA? A opinião de 1(um) pastor infeliz reflete a opinião de… peraí, deixa eu conferir no texto. De 63 deputados e 3 senadores? Caso positivo, senhor autor, me dê os links que encaminhem-me ao áudio, vídeo ou documento sério que comprove isso.
    Sou de formação evangélica, concordo com a maioria das coisas que o autor diz em se tratando que a bancada não reflete os anseios dos cristãos, mas que esse texto está nojentamente tendencioso, isso está!!!

  51. Ao autor do blog: parabéns por argumentar com tanta elegância com alguém tão ignorante como esse ‘braga’. Eu não teria metade da sua classe. Sinceramente, Léo. Você é uma exceção. As igrejas estão dominadas por gente ignorante em todos os sentidos; eles não conseguem sequer entender um texto, pesar argumentos, confrontá-los com outros. A fé os cegou. São incapazes de pensar por si próprios e eu não vejo esperança para o nosso congresso enquanto o governo [que infelizmente eu ajudei a eleger] continuar dando poder a eles e a essa ‘bancada’. O Brasil está atolado no obscurantismo. Essa sim é uma péssima notícia.

  52. X disse:

    Da mesma forma, devemos acabar com bancada ruralista, q tb representam apenas seus interesses comerciais…

  53. Rodrigo disse:

    Texto MUITO esclarecedor e coerente! É por causa desses Neo-pentecostais que as pessoas ficam com raiva de Deus e deixam de acreditar Nele (como se um pai tivesse culpa pelas travessuras dos filhos…). Léo… tu agistes com maestria e prudência… não caiu nas armadilhas do passarinheiro usadas por esse Braga e seus asseclas. Apontar os erros é uma coisa, julgar é outra completamente diferente. Em NENHUM momento do seu texto tu condenastes ou julgastes alguém… quem for coerente e INTELIGENTE verá que, em toda a sua dissertação, tu apontastes os erros grotescos dessa Bancada “Evangélica”, e não os julgastes. Somente os néscios verão um julgamento onde não tem, com o intuito de defender seus respectivos líderes, para que eles continuem manchando o bom nome do Cristianismo no Parlamento e aumentando assim, o número de descrentes e de pessoas que acreditam em Deus…..

  54. A maior prova que você é um bom e verdadeiro cristão é essa paciência em discutir e tentar explicar o óbvio aos obtusos fundamentalistas que apareceram aqui pra te agredir.

  55. Léo Rossatto,
    Sou ateu e é bom ver que ainda há cristãos que simplesmente não dizem amém para qualquer tipo de argumento feito em nome de Deus/Religião.
    Valeu!

  56. Tatiana Estrela disse:

    Parabéns pelo texto! Lúcido e esclarecedor. Já compartilhei! Abraços!

  57. Aline disse:

    Gostei do texto, me senti bastante representada por ele. Sou católica, mas tenho profunda admiração por todos os credos. Meu pai é um grande leitor da Bíblia e realiza estudos pela Igreja Batista. A lição de Cristo foi invariavelmente o amor e a tolerância, não abro mão desse preceito. Qualquer um que se intitule cristão tem o dever de amar e respeitar, não de julgar e condenar. “Quem não tem pecado, que atire a primeira pedra”. Se o Braga tivesse vivido 2 mil anos atrás, ele certamente estaria entre aqueles que queriam apedrejar Maria Madalena.

  58. giovannigouveia disse:

    Fico-me perguntando, sempre, se esses da chamada “bancada evangélica”, se permitiriam a amizade de Madalena; apedrejariam, ou não, a adúltera; como se comportariam diante dos samaritanos; se teriam a hombridade de, mesmo estando na cruz, suplicariam “pai perdoa-os pois não sabem o que fazem”…
    Parabéns ao autor do texto. Paz e Bem!

  59. Maria Cândido disse:

    Argumentos muitos confusos e dissimulados.Se não devemos agir com moralismos nem julgar ninguém,então o autor não tem o direito de julgar a bancada evangélica (mesmo com esta conversa de atitude x pessoas,para mim é julgamento sim),Jesus os aceita do jeito que são.Para que fazer o bem, então,já que todos serão salvos no final?
    Este país precisa de justiça e senso,não de religiões que ficam abrandando crimes( direitos humanos são mais para bandidos do que para as vítimas,que sempre devem perdoá-los) e pregando resignação perante as atrocidades deste mundo.

    • Luciana disse:

      Se os nobres deputados professassem sua fé em casa ou nos templos, beleza. Mas se aproveitar da ignorância, da carência dos mais pobres e humilhados para fazer dinheiro é imoral sim. Eles não mais se restringem a suas casas, mas estão ganhando salários milionários (pagos por mim e por você) apoiando causas sensacionalistas, apenas para garantir um emprego de 4 anos e fazer MAIS dinheiro. Aí já entra na esfera de César, e não mais de Deus. Temos que julgá-los sim, assim como a justiça de “César” os tem julgado e condenado por corrupção. Mas você pode continuar votando neles, se quiser. Isto é uma democracia.

    • Joao Lirio disse:

      Maria Candido, por falar em confusos e dissimulados, d qual lado vc esta? bem se ve q de confuso vc entende msm, qdo vc diz q religioes estao abrandando crimes vc esta se referindo a sua igreja? vcs devem acolher criminosos com a promessa d q Jesus vai fazer a obra, surgindo pastores crim9inosos como mto se ve por aii, ja estive atras do pupito, sei qta mentrira, crimes e pecados rolam entre os cristaos… esses criminosos sao defendidos pelos direitos humanos e uma ameaca aos humanos direitos (gays, lixeiros, negros, albinos).

    • Victória disse:

      Não, falar mal das atitudes da bancada evangélica não é julgamento. Aliás, esse é um problema clássico no nosso meio (também sou cristã, como o Leo), não saber diferenciar julgamento de exortação. O julgamento implica punição moral e não oferece redenção. A exortação é um ato de amor, trata-se apenas de uma advertência, e busca justamente a redenção dos que se desviaram. E, aliás, Jesus aceita todos do jeito que somos quando nos convertemos, pois não somos salvos pelas boas obras, mesmo. Entretanto, devemos nos comprometer a seguir a sua vontade e fazer o bem a partir do momento em que somos salvos, pois somos salvos PARA as boas obras. Ou seja, se sua obra não é boa, você ou está afastado – e aí é importante a exortação, para que não se perca – ou não foi salvo. Portanto, nada a ver esse seu comentário de “para que fazer o bem, já que todos serão salvos no final?”; pois ninguém foi salvo se o Espírito Santo não vive em seu coração, e o Espírito rende frutos – um dos quais é a benignidade.
      De minha parte, concordo com a parte do justiça e senso – afinal de contas, a própria Bíblia disse que “o amor não se alegra com a injustiça, mas se alegra com a verdade” – entretanto, nossa religião não abranda crimes e muito menos prega resignação. Tanto é que os países protestantes tem leis bem mais severas que as do nosso país, por exemplo, e um sistema judiciário mais eficaz. E na verdade, acho que você não sabe o que são os Direitos Humanos: Os Direitos Humanos são uma ideia que nasceu do conceito de que todos os seres humanos foram criados pelo mesmo Deus, e que portanto, nascem iguais e donos dos mesmos direitos inalienáveis, entre os principais os direitos à vida, à dignidade, à liberdade e à propriedade privada. Eles são a base da democracia moderna e certamente não podem ser restringidos aos direitos dos presidiários (que acho que é do que você está falando nesse comentário), embora essa parte também seja importante pois presidiários, apesar de terem cometido um crime, não deixaram de ser humanos por isso.
      A Paz do Senhor para você.

  60. Joao Lirio disse:

    E este debate foi longe… Desnecessario, a referencia que os evangelicos tem de Deus enquanto o mentor e direcionador da vida ainda eh de um Deus que mandou Abrao deixar sua parentela, o Deus que guiou o povo junto a Moises, que junto a Josue destruia cidades matando pessoas (inclusive criancas e mulheres) o Deus que abencoou Davi para que povos (salientando que nao foram somente soldados) morressem sob o fio de sua espada, nao devemos esquecer que as escrituras pentateuticas nos servem como uma maneira historica de conhecer a humanidade e toda raiz judaica, nenhum desses personagens historicos que guiaram multidoes para o fim maior pre-destinado por Deus (alcance de terras prometidas, profetizarem e doacao de adoracao perpetua) obtiveram exito total em suas peregrinacoes, pois desde os primordios o homem nao conseguiu dar prestacao total de obediencia ou viver somente segundo os estatutos por Deus instituidos, isto fazia com que Deus acreditasse sempre em geracoes posteriores, deixando o homem livre para tomar suas decisoes e escolher seu proprio futuro, Deus se surpreendeu com a ingratidao humana. Este mesmo Deus chega a ficar mais de quatrocentos anos sem se dirigir aquele povo ao qual amava tanto, quando ele volta a relacionar-se com o povo por intermedio de profetas o mesmo Deus percebe a desolacao que o planeta sofreu em decorrencia principalmente das primeiras leis estabelecidas a moises, penas de morte a prostitutas, adulteras, ladroes, por mais que os impuros fossem excluidos o pecado continuava a minar por entre Israel. Ao ler todo este debate onde evangelicos utilizam-se do sentimento de culpa para atingir o irmao, estamos mudando somente as armas; de pedras que eram utilizadas para a morte daqueles que os judeus julgavam pecadores para uma manipulacao dolorosa de pensamentos que utiliza-se do nome de alguem que ambas partes temem que eh Deus. Esta pedra moral que este tal de Braga, a Graca, Elton e toda esta prole estao querendo lancar Leo demonstram somente a qual lado religioso eles pertencem, eles ainda nao ouviram ou leram Jesus dizer que “aquele que nao tiver pecado que atire a primeira pedra”, por que ainda nao encontraram com Ele, sao fariseus, talvez soldados romanos… nao sei quando eles acabarem com a divisao interna entre eles saberemos o nome da Elite… Mas continuando com meu raciocinio, Deus tenta um ultimo recurso, uma forma de sacrificio para o homem como demonstracao unica e AGAPE de seu amor, envia-nos o seu filho Jesus Cristo, que, estrategicamente, vive como homem na terra mostrando em cada versiculo contado ao teu respeito um gesto que os evangelicos nao foram capazes de alcancar ainda: A TOLERANCIA. esta tolerancia nao mudava o coracao de ninguem… Judas encontrou Jesus e continuou corruptivel, Pedro continuou AGRESSIVO, tome continuou descrente, Tiago continuou INTOLERANTE, posso dar bases biblicas de cada coisa que estou mencionando… Quando Jesus entra na vida de todos acontece para eles o milagre da esperanca, do recomeco, de se tornarem discipulos e serem respeitados mesmo com suas limitacoes pessoais, pois naquela epoca discipulos eram respeitados pela sociedade, eles so nao sabiam que a partir deles iniciaria-se um processo de mudanca em toda crenca judaica, da intolerancia ao perdao, ora quem estava certo Moises ou Jesus… os evangelicos nao conseguem responder esta pergunta, pois falam em nome de Jesus mas vivem segundo as leis de Moises, uma religiao “em cima do muro”, da qual nunca mais farei parte.

  61. Rodrigo disse:

    Parabéns pelo seu texto e por suas respostas aos comentários e ofensas. Por favor continue prestando esse ótimo serviço, precisamos de mais cristãos assim, esclarecidos.
    Tenho muito medo dessa bancada evangélica não porque sou contra Deus, mas porque não vejo Deus ali, só vejo um monte de corruptos se aproveitando da burrice das pessoas.

    “Não aconteceu porque Deus não quis” – não fez nada pra acontecer daí joga pra Deus.
    “Se Deus quiser vai dar certo” – não fez nada pra aquilo acontecer agora joga pra Deus
    “Meu Deus, me livra dessa” – assalta, mata e depois fica pianinho “na frente” de Deus

    Pessoal precisa acordar, Deus nos dá o que plantamos, simples assim.

  62. braga disse:

    voce pode falar de algo pessoal, dar estudo da denominação dos deputados, dizer que maculam a fé cristã, veja isso é algo muito pessoal deles, eles são políticos, assim não querendo atacar pessoalmente deveria falar apenas de política, mas se você descobriu a religião deles, por que encobre a sua???

    • Eles são políticos, mas se colocam no congresso como ‘cristãos’ [coisa que nunca foram]. Querem impor a fé – algo pessoal – a todo o restante da população que não partilha do mesmo credo. Quer dizer que, se houvesse uma ‘bancada espírita’ ou uma ‘bancada umbandista’ querendo que um país inteiro vivesse segundo os preceitos da fé que ELES ESCOLHERAM, você também iria achar que eles estariam agindo corretamente? Fé não se impõe, braguinha. Você, repito, é um arrogante que veio aqui apenas jogar pedras sem nada acrescentar. Tenho pena de você e de todo esse povo ignorante e manipulável nas mãos desses espertalhões.

    • Felipe Muniz disse:

      Braguinha, que vergonha por você…

      Típico evangélico sem cérebro que adora um confronto. Mas do que adianta confronto sem ideias? Você consegue gaguejar escrevendo, dá pra acreditar?

      Faz um favor pra humanidade? Se interne.

  63. braga disse:

    quando estamos nos expondo, assim como você está, tudo faz diferença. Quando você ataca evangélicos pentecostais sendo um deles, é importante para os leitores saber qual é a sua, senão fica muito confuso seu bloguinho.

    • Rodrigo disse:

      Amigo, com essa ignorância o cara não tem que responder mesmo… “leozinho…bloguinho…”.. se controla meu filho! Fora as besteiras (“Vc é Deus agora”)..isso que dá ficar nervosinho, mete os pés pelas mãos. Sobre a bancada ele tem razão: eles estão disfarçados de representantes do Senhor para atingirem objetivos pessoais. E é uma pena que tenha gente tão burrinha como vc, Braguinha, que dê força a esses verdadeiros demônios. É assim que eu chamo quem usa a religião dos outros para praticar corrupção. Enquanto tem tanta gente na miséria eles estão “preocupados” em achar a cura gay. Só os bobinhos, Braguinha, é que não percebem que eles desviam o foco de problemas DE VERDADE e que nunca vão resolver (como a fome) para temas que atrae atenção (aborto) e de caráter pessoal (assim como vc decide se gosta de sorvete, outras pessoas podem decidir com quem se relacionam) e NEM VC, NEM O PASTOR, MUITO MENOS UM POLÍTICO vão dizer que essa pessoa está errada. E se Deus achar que está errado… não é ele que tudo vê e controla? Então, qual direito tem vc ou qq outro sobre isso? Deixa pra ele JULGAR e ponha-se no seu lugar, ou cuidado que quem pode ser julgado é vc!

  64. braga disse:

    o acento no e fez confusão. quiz dizer: “agora é você e Deus”.

  65. braga disse:

    dicotomia é isso: quando é conveniente, é contra atitude, quando não, é pessoal.

  66. braga disse:

    você ainda não respondeu Leozinho :
    é dizimista?
    qual é sua denominação pentecostal? pode ser a mesma de algum dos deputados!
    já leu a Bíblia capa a capa?
    É batizado com o Espírito Santo ?
    Fala línguas estranhas?

  67. braga disse:

    como você consegue justificar bem seu ataque e defende-se bem também quando é atacado, você é um ótimo estrategista.

  68. braga disse:

    a ira não vem de Deus irmão, e não é fruto do espírito. Bom obreiro, que maneja bem a palavra responde com mansidão mesmo sendo atacado, no atigo testamento era olho por olho, agora (NT) vigora a lei do amor, de a outra face para quem te agride(Mt. 5.39), se alguém te faz andar uma milha, anda 2 com ele ( Mt. 5.41)

    • Léo Rossatto disse:

      “Não julgueis, e não sereis julgados. Porque do mesmo modo que julgardes, sereis também vós julgados e, com a medida com que tiverdes medido, também vós sereis medidos. Por que olhas a palha que está no olho do teu irmão e não vês a trave que está no teu? Como ousas dizer a teu irmão: deixa-me tirar a palha do teu olho, quando tens uma trave no teu? Hipócrita! Tira primeiro a trave de teu olho e assim verás para tirar a palha do olho do teu irmão.” (Mt 7,1-5)

      • braga disse:

        Assim devem estar te respondendo também os deputados pentecostais, falando nisso qual é mesmo sua denominação pentecostal ?

        • Léo Rossatto disse:

          Já disse, não vou responder. Questões acerca do tema eu respondo. Questões pessoais não.

          E já expliquei aqui a dicotomia atitudes x pessoa. As atitudes você pode criticar tranquilamente, inclusive de um grupo, como a bancada evangélica. As pessoas, por sua vez, não.

  69. braga disse:

    brincando de ser gente grande.

    • Léo Rossatto disse:

      Bem, cada um acha dos outros o que quiser. Seria pretensão demais querer a concordância de todo mundo. Mais que isso: seria pretensão demais querer que todos tenham uma impressão positiva de ti. E minha opinião já foi colocada aqui várias vezes. Não vou cair na discussão pessoal, que essa é a mais baixa que tem.

      Que Deus te abençoe. Não concordo contigo, mas ainda compartilho a fé cristã, por mais que você ache que não.

      • braga disse:

        os católicos se dizem cristão, os adventistas, congregação Cristã, todo mundo fala que é filho de deus, o difícil é manter uma posição que justifique isso. O verdadeiro cristão deve responder com mansidão aos que questionarem sua fé.

      • braga disse:

        quando você ataca os seus irmãos pentecostais da bancada, você tem uma amnésia temporária. Mas quando você é questionado fica furioso, hum… bem típico dos pentecostais.

        • Léo Rossatto disse:

          Não há amnésia temporária. Eles representam publicamente os cristãos sem se importarem com valores cristãos. Ataquei o tempo todo a atitude deles, não ataquei pessoalmente nenhum deles. Pode conferir aí.

          Você, ao contrário, não atacou atitudes, mas me atacou pessoalmente. É uma abordagem que todo cristão deveria saber, afinal Cristo não morreu só pelos justos, mas também pelos injustos, quando ainda éramos tão pecadores quanto cada um que você e a galera da bancada evangélica insiste em menosprezar:

          Porque também Cristo morreu uma só vez pelos pecados, o justo pelos injustos, para levar-nos a Deus; sendo, na verdade, morto na carne, mas vivificado no espírito;
          1 Pedro 3:18

      • braga disse:

        verdade leozinho, você você acha um montão de coisas orríveis dos deputados pentecostais como você. Talvez os deputados tenham a mesma paciência que você.

        • Léo Rossatto disse:

          Sim, acho um monte de coisas horríveis a respeito das ATITUDES deles. Não consigo concordar com um deputado que se diz cristão e vota contra punições para o trabalho escravo, por exemplo. E duvido que eles tenham paciência. Uma característica da maioria dos políticos e magistrados, evangélicos ou não, é a arrogância. Poucos deles são abertos para discussões ou novas opiniões.

    • Paulo disse:

      Acho que vc deveria chamar se Praga e nao braga

  70. braga disse:

    ou seja, nenhuma diferença daqueles da banquada, aos quais você está atacando. Você ainda é um menino, neófito.

  71. braga disse:

    eu sabia. agora você desceu do pedestal e mostrou quem você realmente.

  72. braga disse:

    eu não falei de mim mesmo, repliquei o disse um judeu chamado jesus, está em mateus 5.13, não percebeu que deixei esta referencia??

  73. braga disse:

    rossatto você tem que dizer a verdade. Você é dizimista?

    • Léo Rossatto disse:

      Faz uma oração perguntando. Afinal, você deve ter criado os céus e a terra também, deve ser onisciente, onipresente e onipotente. Deve ser o único motivo pra tentar saber tanto da minha vida e me atacar pessoalmente.

      É o tipo mais torpe de ataque, semelhante aos ataques que os fariseus faziam a Jesus. Como não tinham argumentos para atacar seus ensinamentos, tentavam atacá-lo pessoalmente, com coisas do tipo “olhem lá, ele está comendo com publicanos e pecadores”.

      Eu revejo minha fé cristã todos os dias. Todos os dias preciso mudar algo, melhorar. Recomendo que você comece a fazer o mesmo.

  74. braga disse:

    já percebi que você tem uma visão míope da Bíblia, diga a verdade, você ainda não leu a Bíblia em todo seu conteúdo, conhece somente trechos não é?

  75. braga disse:

    Pentecostal…camarada, seu pastor deve estar muito feliz com você!! Você também fala em Línguas estranhas? é batizado com o Espírito Santo?Mas diz ai, qual é a denominação??

    • Léo Rossatto disse:

      O que eu faço ou deixo de fazer é fruto da minha relação pessoal com Deus. Assim como minha relação com pastores. E não preciso ficar me gabando disso pra ninguém.

      Não vou falar o que faço ou deixo de fazer pra alguém que tem como intenção apenas me julgar por isso. É uma pena que sejamos obrigados a agir assim.

      E conheço bem a Bíblia. Não preciso ficar dando aula aqui pra alguém que quer só julgar e passar uma imagem de superior. Uma característica que aprendi nos meus anos como cristão foi manter a humildade sempre. Pode falar o que quiser, não vou continuar essa discussão, ela não vai levar a absolutamente nada.

    • Para o sr. ‘Braga’. Cara, Você é um arrogante. É isso que o seu ‘pastor’ te ensina? É por causa de pessoas como você que precisamos cada vez mais de pessoas como o autor desse texto. Lucidez, amigo. Clareza. Você é um poço de arrogância e ignorância. É certamente um sepulcro caiado. É isso que está escrito lá na sua bíblia?

    • Joao Lirio disse:

      CREDO, SUAS PALAVRAS SOAM COMO AS DO INIMIGO TENTANDO JESUS NO DESERTO…

  76. Fabio disse:

    Pois é Graça… incrível você como cristã iniciar sua colocação aqui chamando de “lixo” matéria escrita. Em primeiro lugar cabe lembrar que existe a liberdade de expressão de cada ser-humano, algo que aparentemente não lhe ensinaram. Em segundo lugar, cabe a mim deixar aqui explícito que suas palavras denotam extremo preconceito quando diz: ” …nós somos contra a prática homossexual,mas amamos os gays sim,pq quando se há um encontro real com Deus,Jesus muda toda a nossa vida sim!!! Conheço ex-gays,ex-travestis q depois q aceitaram Jesus,suas vidas foram transformadas e hoje têm uma família abençoada…”
    Quer dizer que antes suas vidas não eram abençoadas? Não tinham a benção de Deus sobre eles e sobre suas famílias??
    tenho o dever de lhe informar que sou homossexual, não por opção e sim por condição. Ou seja, sendo mais claro, sempre fui homossexual. Consegue entender o que isso significa? Pois bem, ser homossexual sempre me fez muito feliz. Vivi e cresci em meio a uma familia tradicional, com papai, mamãe, avós, tios, tias e primos. Minha família sempre me respeitou muito, não pela minha condição, mas pelo que sou, pelos meus principios de vida e pela minha forma de viver. Preciso deixar resaltado aqui, que parte de minha familia é evangélica. Sou aliás hoje, um empresário de sucesso graças a toda a formação deles recebida ao longo desses anos.
    Veja só não é mesmo: me sinto enormemente abençoado!!!!
    Sinceramente me apena muito saber que existam especialmente evangélicos como você que visam impor a total custo palavras como estas que homossexual abençoado é aquele que se torna ex-homossexual, ao menos é o que literalmente vemos em suas palavras. Ou melhor que ser-humano feliz é só aquele que não é homossexual..pelo que me parece, só heterossexuais são felizes. Me da muita pena a cada dia deparar-me com pessoas como você, disseminadoras de tanto preconceito. Quem sabe Deus não lhe abençõe com um filho homossexual no futuro.

    • Luciana disse:

      Fabio, sou heterossexual e me orgulho de você. Se eu pudesse escolher entre um filho homossexual como você e um heterossexual sem caráter, com certeza escolheria o primeiro.

      Se eu sou muito menos em comparação a Deus, Ele então deve te amar milhões de vezes mais, afinal, foi Ele que te fez. Se Ele te amar menos e se orgulhar menos, será Ele menos piedoso, justo e amoroso do que eu, que não sou ninguém?

      Nem se importe com esse tipo de comentário mais, estamos caminhando para a evolução. Esse tipo de gente apenas quer esquecer a própria infelicidade dizendo que há alguém mais infeliz, mais “desabençoado”. Jogar lama em alguém faz algumas pessoas se sentirem melhor. Jesus só condenou os vendilhões do templo. O resto ele acolhia de boa. Aliás, nunca li nenhuma passagem da Bíblia em que Jesus dissesse: “Vamos incrementar nossas ações para curar os gays!”

      Quem somos nós para questionar a obra de Deus, Graça? Não podemos querer saber mais que Ele, não é mesmo? Aprenda com Jesus a amar seu próximo e seja feliz.

      • Professora Nina disse:

        Por que que o heterossexual tem que ser sem carácter? Isso não é preconceito, tambem? E parem de usar a Jesus Cristo para suas safadezas!

      • Val disse:

        Leo, vc está de parabéns por saber usar as palavras nas definições e nao cair em tentação de ofender ninguem… pois ha pessoas q parecem com bichos acuados, qdo se sentem pressionadas, disparam fogo pela boca.
        E Luciana.. q lindo q vc disse: tb tenho filhos e sem sombra de duvida, se eu tivesse o poder da escolha.. jamais escolheria o q eles deveriam gostar, mas sim, o carater da pessoa…A familia mtas vzs erra qdo tenta jogar “um pretendente” p cima da filha/filho, e esquece q quem vai se relacionar é ela…se der certo: otimo, parabens, ams se der errado, a familia tem q ter estrutura psicologica p amparar os filhos independente de quem qer q seja q foi escolhido!

  77. Elton disse:

    Isso é um total desrespeito a fé, aos princípios que prezam pelo zelo a família, seja ela brasileira ou em qualquer outro lugar do mundo. Agora nós sabemos o porque tantas afrotas tem se levantado nos últimos dias para atacar os evangélicos. A tentiva persiste para que os “caras do poder” tenham caminho livre para continuar implantando projetos de lei homossexuais, lascivos, aberrações para o futuro da Nação, querendo que desde cedo nossas crianças aceitem a ideia que tudo é normal, tudo pode… isso é uma porcaria! Se vocês não prezam mais em honrar o que um dia seus pais tentaram te ensinar, só não venham agora querer enfretar algo que JAMAIS as portas do inferno prevalecerão contra ela, a Igreja de JESUS CRISTO. Oramos por vocês!

    • Léo Rossatto disse:

      O que incomoda é que é justamente esse tipo de atitude que provoca reações cada vez mais acaloradas por aí. Toda crítica é encarada como afronta, como “algo vindo das portas do inferno”, sendo que a vida cristã é exatamente o contrário disso: é uma vida de humildade em que você tenta melhorar sempre pra chegar no padrão de perfeição que é Cristo.

      Pensar desse jeito só revela um moralismo bem hipócrita e uma arrogância que certamente não é característica cristã (leia: http://leorossatto.wordpress.com/2012/04/21/ateismo-cristianismo-e-soberba/ )

      A principal característica do cristianismo é o amor. É a tolerância. Quem reprime hoje é o mesmo cara que, daqui um tempo, vai se questionar pra Deus “o que eu fiz de errado” quando o filho não quiser mais ir na igreja e se envolver com más companhias.

      Proibir é sempre a melhor forma de incentivar a atitude proibida. Você só vai incentivar as pessoas a agir de acordo com as valores cristãos de uma forma simples: dando amor, ao mesmo tempo que você dá exemplo.

      Nem Jesus Cristo tentou proibir as pessoas de agirem como quisessem. Ele tentava atraí-las através do amor. Isso é totalmente diferente da atitude da bancada evangélica, que diz representar os cristãos (E NÃO REPRESENTA, vou deixar bem claro) e de muita gente que se diz cristão por aí, mas adora olhar o cisco no olho alheio enquanto ignora a trave no seu olho.

      • braga disse:

        fala ai rossatto, qual seguimento do cristianismo você pertence?

      • braga disse:

        então rossatto, você gosta de ficar entre dois senhores, Deus e Baal, ao qual criançinhas eram sacrificadas no fogo. Não admite o aborto mas também não condena, ou seja, comete o pecado da omissão. Você é um cristão insoso, sem sal, sem luz. Para que serve o sal se tornar-se insípido (Mt 5.13), e ainda, não se acende uma candeia para coloca-la embaixo da cama, mas em lugar alto para iluminar toda a casa. Reconhecer o pecado e não denunciá-lo, é compactuar com as obras infrutíferas das trevas.

        • Léo Rossatto disse:

          Bacana usar a Bíblia fora de contexto pra acusar os outros.

          Em primeiro lugar, quem julga os outros é Deus, não você. Então, não estou nem aí se você me condena.

          Em segundo lugar, condenar atitudes é diferente de condenar pessoas. Você condena pessoas. Acabou de me condenar inclusive. Quem salva ou condena pessoas não é ninguém senão Deus, e o último que tentou ser Deus foi lançado no inferno com 1/3 dos anjos.

          E, finalmente, nós fazemos bem mais ela obra de Deus amando e compreendendo as pessoas, independente da atitude delas, do que sendo sectário e preconceituoso, como você tem se mostrado aqui. É por causa de atitudes que nem a sua que cristãos são tão odiados. E esse ódio não tem nada a ver com a ódio bíblico, é por burrice e preconceito mesmo.

      • Anderson disse:

        Bom dia Léo!

        Li seu artigo, e achei ele excelente!
        Tenho que admitir aqui que não sigo igreja cristã alguma, por vários motivos, dentre os quais os principais são não me sentir confortável em um ambiente que não ia exatamente de acordo com os meus valores e ainda impunha uma série de coisas questionáveis – dogmas (mesmo que no meu caso isso era muito mais brando que se comparado ao que é feito nas igrejas “evangélicas” atuais).
        O outro grande motivo foi minha concepção do conhecimento humano, que amadureceu com minha formação acadêmica. Na caso, a ideologia que mais me identifico hoje é o agnosticismo científico, ou seja, não sigo/freqüento religião alguma, mas não descarto a validez, mesmo que de nenhuma existente…….

        Enfim, só disse isso para mostrar meu posicionamento quanto a religião para me contextualizar….. mas meu verdadeiro comentário é esse:
        “Cara, fiquei emocionado em alguns momentos, em especial em sua segunda resposta a Graça, após o comentário do Braga, e concordo plenamente, com o comentário seguinte: “Leo, que resposta maravilhosa. Voce definiu o cristiamismo em sua verdadeira essencia.” “

  78. Graça disse:

    q absurdo todo esse lixo sai escrito!!!
    Dá onde q nós cristãos não amamos os gays,negros,e etc???
    nós somos contra a prática homossexual,mas amamos os gays sim,pq quando se há um encontro real com Deus,Jesus muda toda a nossa vida sim!!! Conheço ex-gays,ex-travestis q depois q aceitaram Jesus,suas vidas foram transformadas e hoje têm uma família abençoada,com suas esposas e filhos,e uma ex-lesbica q hoje é casada há 8 anos e tem 2 filhos…
    existe sim a cura gay pra quem está interssado,mesmo pq há o transtorno de identificação sexual se vcs verem no CID…ninguém nasce homossexual!

    • Léo Rossatto disse:

      Amar implica aceitar a pessoa sem julgar as atitudes dela. Respeitar a liberdade da pessoa de fazer algo, mesmo que você ou a Bíblia não concordem. Tentar proibir manifestações contrárias à sua opinião é sempre algo muito perigoso, pois a volta vem sempre na mesma moeda: as pessoas impedem você de se manifestar.

      Jesus Cristo andava no meio de “publicanos e pecadores”. Havia todo tipo de pessoa naquele meio, desde aqueles que desviavam impostos até prostitutas. Como Jesus mudou essas vidas? Através do amor. Única e exclusivamente através do amor. As pessoas deixavam de pecar por sentirem o amor de Cristo. E Cristo não perseguia os que iam embora, como o jovem rico. Apenas os deixava ir.

      Cristo sabia que a melhor forma de conquistar as pessoas é amando-as e dando toda liberdade para elas. É isso o que falta para muitos evangélicos por aqui, hoje. Principalmente aos que estão no Congresso, que só pensam em seus interesses, apoiando causas que devem causar ódio em Deus, como a do trabalho escravo, junto com os ruralistas.

      Espero ter sido claro e muito obrigado por sua manifestação aqui. Um abraço!

      • braga disse:

        Hipótese: voce ainda diria isso se seu filho resolvesse ser gay? Se voce defende tanto eles então voce deveria ensinar esta prática para eles. Que tal ensinar sua filha a abortar seu neto?

        • Léo Rossatto disse:

          Defendo a liberdade de cada pessoa ser o que quiser. Jesus nunca saiu por aí condenando as pessoas pelas suas atitudes. Ele chegava e mostrava o caminho. Quando algumas pessoas não o seguiam, como os fariseus e o jovem rico, por exemplo, ele não as reprimia.

          Quem vai julgar a todos é Deus, no dia do juízo final. Lá cada um vai dar conta de suas atitudes. Não é porque eu defendo a liberdade de uma pessoa escolher o seu caminho que eu apóio as atitudes dela. Eu nunca abortaria uma criança, por exemplo. Pessoalmente, sou contra. Mas não vou ficar julgando essa atitude em ninguém.

          Jesus agiu assim. Quando a gente fica exalando moralismo e julgando as atitudes dos outros, ficamos mais parecidos com os fariseus do que com Jesus. E é isso que a maioria dos evangélicos não enxerga.

      • Salete disse:

        Leo, que resposta maravilhosa. Voce definiu o cristiamismo em sua verdadeira essencia.

    • Cristiano Lucas Ferreira disse:

      cura gay? O que precisa de cura é a sua homofobia… Deixem-nos em paz!!!

    • Alex Eugenio disse:

      Graca… nao entendo sua resposta… se ha felicidade e plena ciencia de existencia…. nao ha razao para… ex-gay, ex-puta, etc… pois a integridade dos valores sao unicos… vc acredita entao em ex-politico corrupto ou ex-pastor mercenario? Pense so um pouquinho…. 😉

    • douglas disse:

      Graça,
      analfabeta funcional cristã.

    • Não existe mais homossexualismo no CID. Mas existe possesão. Então, próxima vez que que for rolar um “exorcismo” ou “desencapetamento” na sua igreja, independente do preço, leve a pessoa a um psicólogo ou psiquiatra.
      Eu queria saber é se existe cura para corrupto. Já curaram aqueles da oração da corrupção?

    • André disse:

      Que atraso de vida, hein, Graça. Ex-gay, ex-lésbica! Em que universidade de psicologia você se formou. Deveria ter vergonha do que escreveu. Discriminação é crime. Lamentável, Graça. Por causa de pessoas que pensam como você, que agem como você, que suscitam a discriminação e o preconceito, baseado em convicções pessoais, em achismos e pelo que seu pastor disse que é certo que chegamos no ponto que chegamos, de ter que discutir se nanismo, negritude, homossexualidade, tem cura. Vamos respeitar, é claro, a crença pessoal a que todos têm direito. Mas vamos nos limitar ao recinto do bom-senso e da compostura. Por favor.

    • Nossa, q mina ignorante!!!!

  79. Antonio disse:

    Legal.. o que esta existindo no Brasil é uma cópia do que acontece com a chamada “Direita Cristã” que aliada aos Neoconservadores americanos levou esse país a guerras, e a perseguição.

    Fico muito preocupado que essas pessoas ganham força a cada dia sobre o voto de uma população ignorante e semi-analfabeta. As consequências para o país são terríveis. Já ví o Magno Malta defender a Pena de Morte no país.. isso é retrocesso..

    • Léo Rossatto disse:

      Concordo contigo. O neoconservadorismo, disfarçado sob o manto da religiosidade vazia, só produz retrocesso no país.

    • Maria Mirtilene Rodrigues disse:

      Eu também concordo. Esse país que está tentando trilhar a democracia após anos de ditadura militar, agora está se curvando a teocracia da bancada evangélica! Temos que fazer alguma coisa! A nossa liberdade de expressão tão suadamente conquistada não pode ser ameaçada por nenhum grupo.

  80. grego disse:

    hj tive a manha de escrever tudo errado

  81. grego disse:

    Post muito esclarecedor, parabéns

  82. grego disse:

    Post muito exclarecedor, parabéns

  83. Pingback: A ânsia por proibir | O Enciclopedista

Dê a sua opinião

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s