O cansaço de Neymar


O Santos perdeu na última quarta-feira do Corinthians. O presidente do Santos deu declarações espalhafatosas e sem sentido, acusando a CBF e o Corinthians de complô e chegando ao cúmulo de exigir a convocação do Emerson “Sheik”, que já atuou pela seleção do Qatar.

Emerson atuando pela seleção catariana (Fonte: NYTimes)

Mas, tirando isso, de fato, Neymar está cansado. Cansado não apenas pela enorme sequência de jogos, mas pela superexposição proporcionada pelos diversos eventos e campanhas de marketing das quais o jogador precisa participar para satisfazer a todos os seus patrocinadores.

Mas a queda de desempenho do Neymar não é só cansaço. E nem é simplesmente uma “má fase”.

O fato é que o jogador de destaque, como o Neymar no Brasil, ou o Messi na Europa, sempre vai ser alvo da marcação. Daí é comum o jogador alternar entre fases exuberantes, em que as defesas são tratadas como pó, e fases menos exuberantes, em que o jogador tenta armar as jogadas e fica travado na defesa.

É um jogo de gato e rato. E a “má fase” do Neymar tem muito a ver com a marcação que tem sido feita nele nos últimos jogos. Começou a ficar claro no jogo contra o Vélez, e ficou mais nítido nos amistosos com México e Argentina. Contra o Corinthians, Tite foi inteligente e aproveitou o “truque”.

Funcionou assim: contra o Vélez, Gino Peruzzi, improvisado na lateral-direita, parou Neymar. Mas ele não parou sozinho. Sempre tinha pelo menos um jogador na sobra, normalmente Cubero. E, com Neymar atuando na esquerda do campo na maior parte do tempo, o Vélez acabou eliminado só porque Ganso e Allan Kardec acabaram decidindo na Vila Belmiro e proporcionando a decisão por pênaltis.

Contra o México e a Argentina, também foi adotado esse sistema de marcação com um jogador cercando o Neymar e um jogador na sobra. Neymar mudou de postura. Saiu da parte esquerda do campo, passando a flutuar na intermediária adversária, à exemplo do que faz o Messi no Barcelona. Acabou não sendo completamente anulado, mas mesmo assim teve sua atuação comprometida.

No jogo contra o Corinthians, aconteceu a mesma coisa. Em que pese o cansaço do Neymar depois da sequência com a seleção brasileira, a marcação que Tite preparou foi quase perfeita. Neymar tentou flutuar pelo campo, mas sempre havia um jogador na marcação e um na cobertura, cercando. Eles nunca chegavam “secos”, na gíria do futebol. Em nenhum momento Neymar esteve sozinho. E, não conseguindo se desvencilhar desse tipo de marcação, não conseguiu fazer a diferença.

Corinthians contra Neymar: um marcando, um na sobra

O futebol é um constante processo de desenvolvimento e reinvenção. Neymar vai ter que lidar com o cansaço e se reinventar para lidar com esse tipo de marcação e voltar a ser o jogador que sempre foi. Vai ter que buscar novas alternativas. Como diversos craques já fizeram. Como ele mesmo já fez algumas vezes. E, quando um jogador consegue êxito ao se reinventar, sai do processo bem melhor.

É esse o desafio do Neymar. Pra próxima quarta-feira e para o restante da carreira.

Anúncios
Esse post foi publicado em Esportes. Bookmark o link permanente.

2 respostas para O cansaço de Neymar

  1. Fabiano Dias disse:

    Esquecesse de mencionar que além dos compromissos comerciais, tem também aqueles compromissos baladísticos. Sou defensor de que na folga você faz o que quiser da sua vida. Mas nós, meros trabalhadores mortais, quando estamos em ritmo acelerado de trabalho, naquela época estressante, em que patrão quer tudo para antes de ontem, na folga aproveitamos para descansar. Já o Sr. Neymar, pensa que pode tudo. Dizem as más linguas que ele quer estar presente em todas as baladas. Dizem essas mesmas más linguas que ele já chegou alugar jatinho e helicoptero para ir em baladinhas em Salvador, Floripa e por ai a fora.

Dê a sua opinião

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s