Músicas do Sílvio Santos que marcaram época


Vamos relembrar temas e marchinhas dele, SÍLVIO SANTOS. Uma homenagem merecida, afinal o Sílvio é dotado de um caráter tão sensacional que fez questão de recontratar a Hebe apenas para realizar seu último desejo antes da morte.

Sílvio Santos Vem Aí

Poucos sabem, mas em dezembro do ano passado Sílvio Santos foi obrigado a pagar cerca de R$ 5 milhões ao compositor da música, Archimedes Messina, por utilizá-la por mais de 40 anos sem pagar pelos direitos autorais.

Lá, lá, lá, lá, hey!
Lá, lá, lá, lá, hey!
Lá, lá, lá, lá
Lá, lá, lá, lá, lá, lá

Agora é hora de alegria
Vamos sorrir e cantar
Do mundo não se leva nada
Vamos sorrir e cantar

Lá, lá, lá, lá, hey!
Lá, lá, lá, lá, hey!
Lá, lá, lá, lá
Lá, lá, lá, lá, lá, lá

Silvio Santos vem aí
Olê, olê, olá!
Silvio Santos vem aí
Olê, olê, olá!
Silvio Santos vem aí

Ritmo de Festa

Outro clássico. Cantado com frequência no Topa Tudo por Dinheiro, que marcou época nos anos 80 e 90.

Ritmo de festa que balança o coração…
Festa divertida, colorida de emoção…
Dia de alegria, então sorria e vem pra cá…
A festa continua, a casa é sua, pode entrar!

Hey! Hey! Hey! Hey! Hey!
Hey! Hey! Hey! Hey! Hey!

Ritmo, é ritmo de festa!
Ritmo, é ritmo de festa!
Ritmo, é ritmo de festa!

Ritmo, é ritmo de festa!
Ritmo, é ritmo de festa!
Ritmo, é ritmo de festa!

Ritmo, é ritmo de festa!
Ritmo, é ritmo de festa!
Ritmo, é ritmo de festa!

(…)

Hot Hot Hot

Mais um programa que marcou época. E você aí achando que é jingle de horário político que “pega”:

Ole, ole, ole, ole
Ole, ole, ole, ole
Feeling Hot, Hot, Hot!
Feeling Hot, Hot, Hot!
Feeling Hot, Hot, Hot!
Feeling Hot, Hot, Hot!

A Pipa do Vovô

Sílvio Santos é o maior sinônimo de alegria na TV brasileira. E colocava na programação do SBT versões próprias de marchinhas de carnaval. Como essa:

A pipa do vovô não sobe mais.
A pipa do vovô não sobe mais.
Apesar de fazer tanta força
o vovô foi passado pra trás.

Ele tentou mais uma empinadinha
A pipa não deu nenhuma subidinha
Ele tentou mais uma empinadinha
A pipa não deu nenhuma subidinha

A pipa do vovô não sobe mais.
A pipa do vovô não sobe mais.
Apesar de fazer tanta força
o vovô foi passado pra trás.

Coração Corinthiano

“Ai, cara, que clubismo”. Amigo, eu torço pro SANTO ANDRÉ. Sou totalmente isento nisso daí. Mas quem nunca cantou essa marchinha em alguma festa aleatória? Na hora do “corinthiano”, quem nunca saiu BERRANDO o nome do seu time no lugar? Pena que ninguém nunca conseguia ouvir o “andreense” ou “ramalhino” quando eu gritava.

Doutor, eu não me engano
meu coração é corinthiano
Doutor, eu não me engano
meu coração é corinthiano
Eu não sabia mais o que fazer
troquei meu coração cansado de sofrer
Ahh doutor, eu não me engano
Botaram outro coração corinthiano.

O Homem do Baú – Hoje é Domingo, é Alegria, Vamos Sorrir e Cantar

E, pra finalizar, a música em homenagem a Sílvio Santos feita pela pela Escola de Samba Tradição, no desfile do Grupo Especial do Rio de Janeiro, em 2001. Música impecável:

Olha que glória, que beleza de destino!
Pra esse menino, Deus reservou;
Ele cresceu, ele venceu, vive sorrindo,
Com muito orgulho, foi camelô;

Nasceu na Lapa, no Rio de Janeiro,
Esse artista é enredo, da nossa Tradição;

Foi do rádio minha gente;
Hoje na televisão (oi Patrão!)
Faz o dia mais contente;
Alegria do povão!

Qual é o prêmio Lombardi diz aí!
Qual é a Música quem sabe, canta aí!
Quem quer dinheiro? O aviãozinho vai subir!

Minhas colegas de trabalho;
Que beleza de auditório;
Abre a Porta da Esperança;
É Namoro na TV.(Boa Noite!)

Boa Noite cinderela; (Eu gosto!)
Gosto de você; (Em nome!)
Em Nome do Amor; (EU, EU!)
Eu quero morrer de prazer;

Laiá Laiá, oi, Laiá Laiá, oi, oi,
É o Baú de Felicidade;
Vamos cantar, vamos brincar, vamos sorrir;
É Domingo é alegria; (Que que tem?!)
Silvio Santos vem aí!
Silvio Santos vem aí….

Anúncios
Esse post foi publicado em Aleatoriedades e marcado . Guardar link permanente.

5 respostas para Músicas do Sílvio Santos que marcaram época

  1. Escorregando só um pouquinho do tema do post: Não sei bem por que, mas minha memória afetiva de infância guardou por muito tempo uma canção que o Silvio cantava com LA-LA-LAS, triste e, para mim, desconhecida. Depois de muito tempo descobri que se tratava da Valsa da Despedida, composição de Alberto Ribeiro e João de Barro. Por algum motivo, essa música na voz escrachada do Silvio tem um magnetismo meio inexplicável.

  2. Léo Rossatto disse:

    Abertura do Show de Calouros, e “É Coisa Nossa”, por sugestão do Felipe dos Santos (https://twitter.com/felipess_66):

  3. Léo Rossatto disse:

    O Vítor Magliocco (https://twitter.com/VMagliocco) lembrou dessa daqui, que é genial DEMAIS:

    [audio src="http://www.paginadosilviosantos.com/2011/music/1967_tanque_cheio.mp3" /]

  4. Luiz disse:

    Muito legal, mas cabe destacar que “Hot Hot Hot” é de Buster Poindexter (a.k.a. David Johansen, vocalista do New York Dolls).

Dê a sua opinião

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s